Juventude faz 9 a 0 no Pradense no primeiro jogo-treino da temporada 2018 - Esportes - Pioneiro

Goleada06/01/2018 | 19h44Atualizada em 06/01/2018 | 19h44

Juventude faz 9 a 0 no Pradense no primeiro jogo-treino da temporada 2018

Yuri Mamute, com dois gols no primeiro tempo, e Queiróz, com dois gols na segunda etapa, foram os destaques da partida realizada no sábado

Juventude faz 9 a 0 no Pradense no primeiro jogo-treino da temporada 2018 Porthus Junior/Agencia RBS
Felipe Lima (C) e Yuri Mamute fizeram três dos nove gols marcados pelo Juventude no sábado, nas Castanheiras Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O ano de 2018 começou com o pé direito para o Juventude. Na primeira “aparição” alviverde para o torcedor goleada por 9 a 0 sobre o Pradense nas Castanheiras. O jogo-treino realizado no sábado, em Farroupilha, foi a primeira atividade com adversário nesta pré-temporada do Ju. Yuri Mamute e Guilherme Queiróz, ambos duas vezes, e Felipe Lima, Vidal, Fellipe Mateus, Vinícius e Lucas Serafini fizeram os gols do alviverde.

O time do técnico Antônio Carlos Zago volta a campo na quarta-feira, às 17h, novamente nas Castanheiras, diante do Cruzeiro-PoA. 

4 a 0 no primeiro tempo

Com uma formação diferente do habitual, um 3-4-3, o Juventude iniciou a partida pressionando bastante pelos lados do campo, sempre com participações efetivas de Vidal na direita e Pará pela esquerda.

O aplauso dos pouco mais de 100 torcedores presentes nas Castanheiras veio aos 18 minutos, após passe de Bruninho e arremate rasteiro de Yuri Mamute, que obrigou o goleiro Igor a espalmar para escanteio.

Era ensaio. Aos 20, o primeiro gol do Juventude em 2018. Em combinação pela direita, Vidal achou Mamute na entrada da área. O centroavante chutou forte no chão para abrir o placar.

O 2 a 0 veio no lance seguinte, aos 21, em tabela de Pará com Felipe Lima. O camisa 10 invadiu a área e chutou no canto esquerdo, sem chances de defesa para Igor.

O terceiro gol foi simbólico. Com alas ativos, Pará construiu a jogada pela esquerda com Bruninho e inverteu para a direita, onde Vidal chutou de canhota para fazer o 3 a 0. 

O quarto gol veio em jogada coletiva da direita. Caprini disparou pelo lado e rolou para o meio, Felipe Lima fez o corta-luz, Sananduva invadiu a área e quando adiantou a bola, Yuri Mamute chutou de bico para marcar seu segundo gol no jogo.

O Juventude começou a atividade num 3-4-3 com Matheus Cavichioli; Kelvin (Miller), Micael e Sananduva; Vidal, Bruninho, Amaral e Pará; Caprini, Felipe Lima (Gabriel Valentini) e Yuri Mamute.

O Pradense, do técnico Samuel Rodrigues, teve Igor; Rafael Costa, Nani, Zé e Fábio; Venâncio, Maurício, Nathan, Vini e Dado; Douglas. O time de Antônio Prado ainda teve Douglas, Batistela, Dener, Guinho, Rodrigo, Nelson, Andi e Alison.

Gols de estreantes

A segunda etapa começou com um Juventude diferente, num 4-2-3-1. Nesta formação, o time passou a jogar mais pelo meio, com Mateus Santana, Bruno Ribeiro e o estreante Fellipe Mateus. A velocidade ofensiva ficou por conta dos estreantes Jô e Guilherme Queiróz.

O primeiro gol, inclusive, veio com dois estreantes, aos 5 minutos. Fellipe Mateus rolou para Queiróz. O atacante driblou o marcador e chutou rasteiro para fazer 5 a 0.

O segundo da etapa final veio em alta velocidade, aos 12. Jô ganhou da defesa e na saída do goleiro, só rolou para Queiróz, livre sem goleiro, para fazer o 6 a 0.

O 7 a 0 foi feito por Fellipe Mateus, em passe de Bruno Ribeiro, aos 30 minutos.

O oitavo gol veio aos 43 minutos, com Vinicius, após passe de cabeça de Queiróz, escorando cobrança de escanteio.

Ainda havia tempo para o nono gol, marcado pelo jovem Lucas Serafini, após cruzamento de Jô.

No segundo tempo, num 4-2-3-1, o Ju teve Douglas; Ochoa (Gabriel Valentini), Vinicius, Maurício e Fernando; Mateus Santana e Bruno Ribeiro; Jô, Fellipe Mateus e Gabriel Valentini (Lucas Serafini); Guilherme Queiróz.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros