Caxias sofre derrota no último amistoso antes da estreia - Esportes - Pioneiro

Pré-temporada10/01/2018 | 19h04Atualizada em 10/01/2018 | 19h04

Caxias sofre derrota no último amistoso antes da estreia

Equipe grená perdeu por 1 a 0 para o São José-PoA, no Estádio Centenário

Caxias sofre derrota no último amistoso antes da estreia Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Caxias jogou mal o primeiro tempo, perdeu pênalti na etapa final e acabou derrotado pelo São José-PoA, por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Estádio Centenário. Este foi o último amistoso da preparação grená antes da estreia, no dia 17, contra o Novo Hamburgo.

Um primeiro tempo de fraco futebol no Centenário. Muita movimentação e com o Zequinha conseguindo propor mais o jogo. Tanto que isso teve reflexo no placar, com a vitória do time da capital por 1 a 0. Mas em chances de gols, foram bem poucas.

A primeira boa oportunidade foi grená, aos três minutos. Túlio Renan tocou entre as pernas do lateral Marcel, invadiu a área pela esquerda ofensiva e finalizou no canto. O goleiro Fábio fez a defesa. A outra oportunidade clara só foi surgir aos 19. Novamente Túlio deixou Marcel para trás e tocou para dentro da área. O meia Rafael Gava concluiu em cima da defesa.

Por mais que as chances fossem do Caxias, era o São José quem mandava na partida. Boa posse de bola, tendo o meia Clayton e o atacante Matheuzinho os seus diferenciais. Eles infernizaram a defesa grená. A primeira chance dos visitantes surgiu aos 22, quando Clayton achou Márcio Jonatan na área, mas ele chutou para fora.

A trama ofensiva era  boa, mas o gol do Zequinha foi de bola parada. Aos 25, o centroavante Porcellis foi derrubado na frente da área. Falta. Ele mesmo cobrou, por cima da barreira, indefensável para Gledson: 1 a 0.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 10/01/2018. Caxias x São José-PoA, amistoso preparatório ao Campeonato Gaúcho (Gaúchão 2018) e realizado no estádio Centenário. (Porthus Junior/Agência RBS)
Goleiro Gledson (ao fundo) nada pode fazer na cobrança de falta de PorcellisFoto: Porthus Junior / Agencia RBS

Winck então tentou mudar o jogo, colocou Diego Miranda na vaga de Marabá, aos 35. Até equilibrou a partida, mas ofensivamente a equipe grená não produziu nada e isso foi reconhecido pelos atletas na saída de campo.

 —  Não conseguimos jogar. Não conseguimos marcar, não conseguimos fazer nada  —  disse o meia Rafael Gava.

O time grená voltou do intervalo com Nicolas, no lugar de Daniel Cruz, e Cleiton, na vaga de Igor Bosel, para mudar o panorâma do jogo. E teve alteração, o Caxias ficou com a bola.

Aos três, Gilson chegou pela esquerda e serviu João Paulo. O camisa 9 pegou mal na bola e perdeu a oportunidade. Aos sete, Rafael Gava cobrou escanteio, Jean desviou e a bola tocou a trave. No rebote, após bate e rebate na área, Fábio ficou com a bola.

A equipe grená ainda perdeu pênalti, aos 14, com Rafael Gava. Ele cobrou no travessão e desperdiçou outra possibilidade de empate. Dois minutos depois, Diego Miranda cobrou falta dentro da área e Júnior Alves cabeceou próximo do gol. A melhor chance do Zequinha foi com o atacante Kelvin, aos 24. Após contra-ataque, ele recebeu de frente para o gol e colocou a bola na trave.

O São José ainda teve duas chances aos 27 e 28. A primeira com Thiago Pedra, mas Lúcio pegou. A segunda Rafael Goiano bateu para fora.  O Caxias até respondeu, aos 43. Carlos André fez jogada individual e bateu para firme defesa de Fábio. A última oportunidade foi de João Paulo, ele cabeceou em cima do goleiro. Pouco para última apresentação grená, que terá uma semana para mudar muitas coisas.

Leia também
Morre ex-técnico do Brasil-Fa


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros