Caxias, mesmo com time misto, vence São Paulo e segue na liderança do Gauchão - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Sigam o líder27/01/2018 | 22h48Atualizada em 29/01/2018 | 09h29

Caxias, mesmo com time misto, vence São Paulo e segue na liderança do Gauchão

João Paulo marcou o gol que garantiu o 1 a 0 no Aldo Dapuzzo, neste sábado

Caxias, mesmo com time misto, vence São Paulo e segue na liderança do Gauchão Lucia Maciel / Especial/Especial
Foto: Lucia Maciel / Especial / Especial

Cada vez mais líder. O Caxias conquistou, na noite deste sábado, sua quarta vitória no Gauchão 2018. O 1 a 0 sobre o São Paulo-RG, no Aldo Dapuzzo, garantiu o 100% grená no campeonato. Com um time misto - apenas quatro titulares atuaram -, a equipe mostrou força e viu o centroavante João Paulo marcar o gol que garantiu os três pontos. Dependendo dos resultados da rodada, o time do técnico Luiz Carlos Winck pode ficar isolado no primeiro lugar. O próximo jogo grená será na terça-feira, na estreia da Copa do Brasil contra o Atlético-PR, no Estádio Centenário.

O São Paulo até tentou chegar ao ataque primeiro. Aos 10 minutos, Feijão cobrou falta no meio da área, mas a bola foi cortada pelo zagueiro Laércio. Mas o Caxias estava afim de mostrar que queria seguir na liderança. O time grená, é verdade, tinha chegado pouco ao ataque do Leão do Parque.

Aos 15 minutos, triangulação pelo lado direito de ataque, Igor Bosel, Guto Dresch e Daniel Cruz tabelaram. O atacante grená cruzou para que João Paulo, bem posicionado, mandasse de cabeça para o fundo das redes de Nicolas. O segundo gol da camisa 9 no Estadual.

O São Paulo só levou risco de verdade ao gol grená aos 37. Após cruzamento que veio do lado direito, o lateral-direito Tiago Machado arriscou. A bola ainda desviou na zaga do Caxias e saiu para a linha de fundo.

A reação do time de Luiz Carlos Winck foi no minuto seguinte. Vavá arriscou, e a bola foi a direita do gol dos mandantes. Antes do término do primeiro tempo, aos 43, Rafael Gava cruza para a área. Após a bola ficar viva no meio da área, Carlos André chuta na rede, mas pelo lado de fora.

O segundo tempo teve o time da casa se jogando mais ao ataque. Pressionado pelo torcedor, o time de Rio Grande foi perigoso logo aos quatro minutos. Janderson cobrou escanteio, Rafael Pilões desviou de cabeça e Gullithi, com a barriga, mandou a bola na trave. Nos minutos seguintes foi uma série de cruzamentos do São Paulo, enquanto a defesa grená afastava todas as tentativas por cima.

Aos 29, o zagueiro Laércio dividiu com Diogo – irmão gêmeo do Diego –, e o árbitro Anderson Farias deu o segundo cartão amarelo, e por consequência, expulsou o defensor grená.

O time da Zona Sul do Estado, com um jogador a mais, passou até os acréscimos – foram oito minutos sinalizados pelo árbitro –, mas não teve efetividade. Quem chegou mesmo foi o Caxias, aos 48. Rafael Gava cobrou falta e o goleiro Nicolas espalmou.

A igualdade que veio foi em cartões vermelhos. Marlon, do São Paulo-RS, fez falta em Gava e tomou o segundo amarelo. Aos 53, após cruzamento de Diogo, o goleiro Gledson voou na bola e segurou mais uma importante vitória para o grená, líder e 100%.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros