Caxias Basquete vence Botafogo em casa e mantém série positiva no NBB 10 - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

O rei do Vascão12/01/2018 | 22h25Atualizada em 15/01/2018 | 07h42

Caxias Basquete vence Botafogo em casa e mantém série positiva no NBB 10

Equipe caxiense faz 73 a 63 e segue firme no objetivo de classificação aos playoffs

Caxias Basquete vence Botafogo em casa e mantém série positiva no NBB 10 Porthus Junior / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Porthus Junior / Agência RBS / Agência RBS

Mais uma vitória na empolgante campanha do Caxias do Sul Basquete/Banrisul no NBB 10. Novamente com o Ginásio do Vascão lotado, o time do técnico Rodrigo Barbosa venceu o Botafogo por 73 a 63 na noite desta sexta-feira. Com o resultado a equipe gaúcha chegou a seis vitórias como mandante no campeonato — a oitava no total. O encerramento do turno será na próxima terça-feira contra o Paulistano, em São Paulo. O retorno à Caxias só acontece no dia 6 de fevereiro, contra o Minas.

NBB10

O jogo

 O primeiro quarto começou difícil para o Caxias Basquete, que nos minutos iniciais cometeu muitos erros de passe no ataque. Enquanto isso, o Botafogo era efetivo, principalmente com o pivô Coimbra, autor do quatro primeiros pontos dos visitantes. A vantagem dos cariocas se manteve até pouco mais da metade do quarto, quando em dois acertos de chutes de três de Cauê Verzola, o Caxias virou. Ainda assim, os erros do time da casa continuaram e os botafoguense fizeram 17 a 15 no período inicial.

Com Cafferata vindo do banco firme na marcação, o Caxias conseguiu equilibrar mais suas ações no segundo quarto. Mesmo que as duas equipes não tenham feito um primeiro tempo de grande qualidade técnica, a movimentação era intensa. Com Cauê Borges 100% nas tentativas - fez 10 pontos no primeiro tempo — e Alex, com a mesma pontuação, buscando a cesta intensamente, o Caxias conseguiu ser melhor que o Botafogo. Ainda assim, a vantagem caxiense no período só foi aumentada nos minutos finais. A equipe de Rodrigo Barbosa fez 20 a 15 no período e terminou a primeira etapa com vitória de 35 a 32.

Na volta do intervalo o Caxias Basquete reencontrou o seu melhor jogo. Com o pivô Marcão acertando dois arremessos da linha de três pontos, os mandantes ampliaram a vantagem no marcador. Além disso, defensivamente, a marcação era mais compacta e os cariocas só marcaram os primeiros pontos no período quando se passavam cinco minutos jogados. Cauê Verzola, em uma das suas melhores atuações em casa, conduziu a equipe para um quarto sem sustos. A maioria dos pontos convertidos pelo Botafogo foram em lances livres. O 24 a 16 para o Caxias no período — 59 a 48 no total — era o encaminhamento de mais uma vitória dos caxienses.

O período final iniciou com o Botafogo querendo estragar a festa dos 1015 torcedores presentes no Vascão — novo recorde de público no ginásio no NBB 10. Paranhos, importante em outros jogos, não tinha efetividade no ataque e saiu zerado de pontos. Ainda assim, o ala/pivô foi o líder em rebotes do time, com oito. A distância ia diminuindo conforme o Caxias não se fazia certeiro no ataque. A tranquilidade veio quando Cauê Borges manteve a média. O ala do time gaúcho fez 21 pontos. O Botafogo venceu o período por 15  a 14, mas a festa foi da torcida caxiense com o 73 a 63 na partida.

Leia também
Identificado com o clube, atacante Juba é uma das referências do Veranópolis para 2018
Primeira reunião sobre o reajuste na tarifa do transporte coletivo de Caxias ocorre terça-feira

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros