Caxias Basquete começa segundo turno do NBB 10 com expectativa de crescimento - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Rumo aos playoffs22/01/2018 | 04h00Atualizada em 22/01/2018 | 20h27

Caxias Basquete começa segundo turno do NBB 10 com expectativa de crescimento

Equipe caxiense tem aumentado exposição na mídia e já planeja temporada 2018/2019

Caxias Basquete começa segundo turno do NBB 10 com expectativa de crescimento Porthus Junior / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Porthus Junior / Agência RBS / Agência RBS

A campanha do Caxias do Sul Basquete/Banrisul é cada vez mais empolgante e o crescimento do time é notório. Não só dentro de quadra, mas no que vem representando para a cidade. Após duas temporadas na elite, o NBB 10 é o ápice da paixão da cidade pelo time. 

NBB10

Na largada da 13ª semana do torneio, que marca o início do returno para o Caxias, a expectativa é de continuidade. Quem está em quadra sente a diferença. Para o armador Cauê Verzola, que participou do título da Liga Ouro e retornou nesta temporada, é emocionante a resposta da torcida no Vascão lotado:

— É gratificante a aceitação da cidade com o time. Um esporte de alto rendimento não faz sentido sem público. Estamos muito agradecidos por tudo que eles estão fazendo na arquibancada.

Leia Mais
Com terceiro quarto decisivo, Caxias Basquete perde para o Paulistano na despedida do turno
Caxias Basquete vence Botafogo em casa e mantém série positiva no NBB 10

O armador recorda a primeira passagem no time, quando os jogos eram no Clube Juvenil:

— Na época, o público era feito basicamente por amigos e familiares. Sabíamos as pessoas que estavam ali. Hoje é uma torcida bem diferente. Lá era um ginásio menor, e agora nem no Vascão está cabendo tanta gente.

Comentarista dos jogos do NBB nas redes sociais e das partidas da NBA pela ESPN, Ricardo Bulgarelli vê a importância do time apresentar um crescimento:

— É muito legal ver o time crescer sem estar ligado com Caxias ou Juventude. Isso traz o torcedor dos dois clubes ao ginásio. Essa ligação é importante para uma cidade que está tentando entrar entre as grandes do basquetebol no Brasil. 

Para Bulgarelli, o apoio da comunidade em uma cidade fora dos grandes centros também é ponto forte para a consolidação do time:

— Essa ligação só tem a crescer, como acontece com Mogi, com Bauru e com Franca há muito tempo, que para mim segue como a capital brasileira do basquete. É muito legal ter a cidade por trás do time. 

No jogo contra o Botafogo, dia 12 de janeiro, com quebra de recorde de público no Ginásio do Vascão, 1.015 pessoas estiveram presentes Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Ainda pode evoluir

O comentarista ainda avalia as chances de crescimento do time por conta da boa campanha no NBB 10:

— O Caxias se consolidando esse ano, com uma campanha mais regular do que ano passado e chegando cada vez mais longe no NBB, quem sabe não apareça outro grande patrocinador da cidade e queira investir. Dá para transformar a cidade em um grande polo do esporte.  As grandes estrelas vão querer começar a vir para cá, conforme verem que o trabalho é realizado de maneira séria e correta.

— O público nos jogos e a interação em redes sociais têm crescido. Temos um produto melhor para  vender o retorno 

A exposição da marca é crescente. O Sportv havia programado três jogos do time em sua grade no início da temporada. Porém, já exibiu seis, e tem mais dois agendados – Franca e Basquete Cearense. O próximo jogo do Caxias, contra o Joinville, na sexta, fora de casa, será transmitido pelo Twitter do NBB.


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros