Apesar da derrota na estreia, Matheus Cavichioli aponta pontos positivos no Juventude - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Gauchão 201819/01/2018 | 08h00Atualizada em 19/01/2018 | 08h00

Apesar da derrota na estreia, Matheus Cavichioli aponta pontos positivos no Juventude

Goleiro alviverde aponta que derrota para o Brasil-Pel veio na "hora certa"

Apesar da derrota na estreia, Matheus Cavichioli aponta pontos positivos no Juventude Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Para goleiro Matheus Cavichioli (C), derrota na estreia traz lições ao Juventude Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Perder nunca é bom. Na estreia é pior ainda. O discurso do goleiro Matheus Cavichioli é quase um clássico das frases pós-jogo, mas condiz com o sentimento do Juventude, depois de sofrer 3 a 1 do Brasil-Pel, em Pelotas. Ainda assim, para o goleiro, a derrota pode servir de exemplo para o restante do campeonato, principalmente por haver tempo de recuperação.

Leia Mais:
Centroavante Ricardo Jesus é apresentado como reforço do Juventude
Jogadores apontam falhas da própria equipe como vilã na derrota do Juventude
Juventude estreia com derrota para o Brasil-Pel fora de casa
Vice em 2016, Juventude dá a largada no Estadual contra o Brasil-Pel, fora de casa

– Ninguém quer começar da forma que foi. Mas é melhor tomar uma chacoalhada dessas agora do que sofrer uma derrota assim daqui a algumas rodadas, quando não se tem mais tempo de recuperar. Não podemos usar o pouco tempo de preparação como desculpa porque o time deles teve o mesmo tempo que a gente e foi efetivo quando precisou – avalia.

Atual campeão gaúcho e melhor jogador da competição, títulos conquistados com o Novo Hamburgo em 2017, Matheus viu muitos pontos positivos na primeira amostra oficial do Juventude em 2018:

– Vimos que temos toques rápidos, que seguramos a bola na frente, que finalizamos, que a equipe dá um balão quando precisa. Agora todos se conhecem dentro de campo. Precisamos pegar os pontos positivos e colocar em prática. O futebol é bacana por isso. Você faz uma coisa que não agrada na quarta e pode recuperar no domingo.

A derrota na quarta-feira expõe a dificuldade que o Ju tem em estreias de Gauchão. Sem contar o duelo com o Brasil, nas últimas 10 edições, foram três vitórias, cinco empates e duas derrotas na abertura da competição estadual.

Estreia do Ju no Gauchão

2008 - São José 2 x 0 Juventude
2009 - Juventude 1 x 0 Sapucaiense
2010 - São José 2 x 2 Juventude
2011 - Juventude 2 x 1 São Luiz
2012 - Cerâmica 2 x 2 Juventude
2013 - Juventude 1 x 1 Lajeadense
2014 - Juventude 1 x 2 São Paulo
2015 - Ypiranga 0 x 0 Juventude
2016 - Juventude 2 x 1 São Paulo
2017 - Juventude 0 x 0 Brasil

Leia Também:
Polícia Civil prende casal suspeito de execução em Vacaria
Em visita à Caxias do Sul, José Ivo Sartori evita falar sobre eleição 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros