Na melhor fase da carreira, Sacon quer título nacional com a Assoeva - Esportes - Pioneiro

Liga Nacional de Futsal02/12/2017 | 19h34Atualizada em 02/12/2017 | 19h34

Na melhor fase da carreira, Sacon quer título nacional com a Assoeva

Ala caxiense marcou oito gols em 23 partidas pelo campeonato

Na melhor fase da carreira, Sacon quer título nacional com a Assoeva Rui Borgmann/Rui Borgmann
Ala caxiense Sacon (E) pode levar o título da Liga Nacional de Futsal neste domingo Foto: Rui Borgmann / Rui Borgmann
Pioneiro
Pioneiro

No domingo, às 11h (com transmissão do Sportv), não será apenas Venâncio Aires que estará de olho na decisão da Liga Nacional de Futsal entre Joinville e Assoeva, no interior catarinense. Caxias do Sul também tem motivos de sobra para se unir na “febre amarela”, como é conhecida a torcida do time gaúcho. Serão dois representantes locais na decisão: o pivô Caio Jr. e o ala Sacon.

O primeiro, que renovou seu contrato para 2018, está lesionado e fica de fora da decisão. Já Matheus Sacon tem sido peça fundamental da equipe comandada por Fernando Malafaia.

— Estamos muito perto de entrar para a história da Assoeva, e de Venâncio Aires, cidade que está vivendo intensamente tudo isso. Nesta semana foi priorizado o descanso, já que após a primeira partida da final tivemos o duelo contra a ACBF, pela Liga Gaúcha, menos de 48 horas depois. Chegamos em Joinville nesta sexta pela manhã e são dois treinos para os últimos ajustes — explica Sacon.

Aos 28 anos, Sacon fez toda a sua base em Caxias do Sul. Defendeu a Cortiana/UCS, no início do projeto, e ajudou o Juventude Futsal a chegar à elite estadual, em 2015. Antes, ainda passou por Botafogo-RJ, Peixe/Mazza-DF e BGF, de Bento. Na liga deste ano, marcou oito gols em 23 partidas.  

— Acredito ser o momento mais importante da minha carreira. Estar em uma final da Liga Nacional e também do Estadual não é para qualquer um. É uma honra estar representando o futsal caxiense neste momento — diz Sacon. 

Na primeira partida, Assoeva e Joinville empataram em 1 a 1. Quem vencer neste domingo fica com o título. Em caso de nova igualdade, o duelo vai para a prorrogação. Se o resultado persistir, o título será decidido nos pênaltis.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros