Moradora da comunidade de Loreto, atleta da APAAVôlei/UCS é convocada para a seleção brasileira sub-15 - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Categorias de base26/12/2017 | 06h30Atualizada em 26/12/2017 | 06h30

Moradora da comunidade de Loreto, atleta da APAAVôlei/UCS é convocada para a seleção brasileira sub-15

Com 14 anos e 1m88cm, Fernanda Perini treina há um ano e meio na universidade

Moradora da comunidade de Loreto, atleta da APAAVôlei/UCS é convocada para a seleção brasileira sub-15 Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Foi quase um presente de Natal. Na última semana, a jovem Fernanda Andrade Perini, 14 anos, recebeu uma convocação especial. Após apenas um ano e meio treinando na APAAVôlei/UCS/Brisa, a atleta de 1m88cm foi chamada para um período de treinamentos com a seleção brasileira feminina sub-15.

Serão 20 meninas participando das atividades em Saquarema, no centro de treinamento da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), no Rio de Janeiro. Os trabalhos iniciam no dia 24 de janeiro e seguem até 7 de fevereiro. E Fernanda é a única gaúcha.

— Estou ansiosa e muito feliz pela oportunidade — resume a jogadora.

Filha de agricultores e moradora da comunidade de Loreto, no interior de Caxias do Sul, Fernanda treina três vezes por semana e precisa percorrer uma maratona para se apresentar ao técnico Fernando Lemos. Depois da aula pela manhã na Escola Municipal De Ensino Fundamental Caetano Costamilan — onde ingressará no 9º ano em 2018 —, ela almoça em casa e rapidamente precisa estar pronta para ir até a UCS. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL (21/12/2017). A caxiense Fernanda Andrade Perini foi convocada para Seleção feminina de vôlei. O professor Fernando Lemos, da UCS, e a mãe Gislei Andrade Perini estão confiantes no potencial da jovem de 13 anos. (Roni Rigon/Pioneiro).
Fernanda com o técnico Fernando Lemos e a mãe GisleiFoto: Roni Rigon / Agencia RBS

Uma hora de ônibus na ida e o mesmo percurso na volta, normalmente acompanhada pelo irmão Vinícius, 16 anos e 2m05cm de altura. Ele deixou as categorias de base do Juventude e agora também treina no time de vôlei da universidade.

— Eles (filhos) mudaram muito, até o comportamento em casa. A Fernanda vivia estressada. Agora está mais calma. Ela é uma guerreira e isso faz com que sempre queira evoluir e melhorar dentro de quadra — explica a mãe, Gislei Andrade Perini. 

Fernanda chamou a atenção durante o Campeonato Brasileiro de seleções, disputado em Araxá, interior de Minas Gerais. Ela defendeu a equipe gaúcha, que terminou na sexta colocação. Central do time infantil da UCS, a jogadora está sendo lapidada pelo técnico Fernando Lemos para atuar em outras funções.

— Ela chama a atenção pelos 1m88cm e tem muito potencial. Estamos treinando ela aos poucos para ser uma ponteira ou oposta. A Fernanda tem grandes chances na avaliação, pelas próprias potencialidades e também pelo trabalho da Associação, que é um verdadeiro centro de formação na serra gaúcha — valoriza Lemos, lembrando que Fernanda é a 10ª jogadora convocada para a seleção brasileira.  

Para o futuro, Fernanda ainda não faz grandes planos. Após a avaliação, que será a primeira oportunidade onde ficará mais tempo afastada da família, ela espera seguir melhorando. O vôlei, que até pouco tempo não fazia parte de sua rotina, virou sinônimo de transformação.

— O início foi mais complicado, mas enfrentei minhas dificuldades e hoje sinto que gosto mesmo é de competir, de estar na quadra  — explica a caxiense, que tem as selecionáveis Thaísa (central) e Tandara (oposta) como referências.



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros