Jogadores do Caxias tem mais uma chance na briga por titularidade - Esportes - Pioneiro

Amistoso22/12/2017 | 06h35Atualizada em 22/12/2017 | 06h35

Jogadores do Caxias tem mais uma chance na briga por titularidade

Equipe grená encara o Veranópolis, às 17h, no Estádio Antônio David Farina

Jogadores do Caxias tem mais uma chance na briga por titularidade Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Técnico Luiz Carlos Winck vai aguardar até último teste para definir os titulares Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Caxias terá mais um teste na tarde desta sexta-feira. Encara o Veranópolis, às 17h, no Estádio Antônio David Farina. Literalmente, será uma nova prova para os jogadores, porque o time titular para o Gauchão segue em aberto. Além disso, os atletas só devem ter mais uma chance de mostrar serviço antes da estreia no Estadual.

— Já conversei com eles e vamos aguardar até o amistoso do dia 10 para definirmos a equipe que vai iniciar o Campeonato Gaúcho — avisa o técnico Luiz Carlos Winck.

Neste momento de definições, pesará muito o rendimento dos atletas diante do pentacolor. Ainda há muito para crescer, na visão de Winck. A se considerar os 45 dias de pré-temporada e o pouco menos de um mês para a estreia no Gauchão 2018, o treinador ainda vê espaços para evolução na parte física. 

— Ainda falta melhorar uns 30 a 40% (para a estreia no Estadual). Estamos fazendo avaliações físicas e precisamos aprimorar essa parte. Sempre cobrei muito a intensidade do meu time. Uma equipe que marque forte e tenha transição rápida. Para isso é preciso melhorar a condição física de alguns atletas — observa o treinador.

Contra o Veranópolis, Winck mantém o time que iniciou o jogo-treino diante do Tubarão-SC, na última semana: Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Jean e Julinho; Régis, Guto Dresch e Rafael Gava; Túlio Renan, Daniel Cruz e Nicolas. 

Desta vez, existe a possibilidade que esses jogadores permaneçam mais que 45 minutos. É certo o ingresso do centroavante João Paulo e do meia Diego Miranda na segunda etapa. O mesmo ocorrerá com o lateral-direito Igor Bosel e os volantes Marabá e Gilson. O próprio treinador admite que nem todos entrarão em campo.

Questionado sobre a necessidade de mais uma vitória, já que o time venceu os dois primeiros testes, o treinador grená ressalta que isso não é o fundamental.

— Vai melhorando jogo a jogo. A equipe vai se tornando mais intensa. Espero que possamos corrigir alguns problemas defensivos, encurtar mais as linhas. Ofensivamente pode melhorar alguns movimentos. Estamos trabalhando muito as saídas de bola. Vamos aprimorando cada vez mais — destaca Winck.

Ainda que projete crescimento técnico do time, o resultado poderá valer como uma “premiação” ao grupo de jogadores. Após o amistoso, eles receberão folga para o Natal, com a reapresentação marcada para terça-feira pela manhã. Entretanto, o retorno poderá passar para a tarde. Tudo depende desta sexta.

— Sempre é uma troca. Não a terça toda, mas poderão voltar só à tarde. Eles terão que buscar um bom resultado no jogo-treino. A folga é uma troca. Se não for bem, sem folga — brinca Winck.


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros