Caxias mostra um estilo diferente para temporada 2018 - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Nova cara19/12/2017 | 20h53Atualizada em 20/12/2017 | 13h28

Caxias mostra um estilo diferente para temporada 2018

Técnico Luiz Carlos Winck buscando alternativas para o Gauchão

Caxias mostra um estilo diferente para temporada 2018 Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Volante Gilson ressalta os pedidos de muita movimentação no meio de campo grená Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O grande destaque dos primeiros testes do Caxias nesta pré-temporada é a movimentação da equipe. O técnico Luiz Carlos Winck parece evoluir o futebol que a equipe apresentou no último Gauchão — que era de marcação forte e saída em alta velocidade para pegar o adversário desarrumado. Para 2018, os treinos mostram um time que pressionará alto e que irá propor o jogo trocando passes desde a defesa.

Para imprimir esse estilo, lógico que a movimentação precisa ser intensa, principalmente no meio de campo. O time tem que se mover em blocos e todos os jogadores girando para oferecer opções de passes. No jogo-treino contra o Tubarão-SC, Winck afirmava ao lado do gramado a necessidade de aprimorar melhor o chamado “rodízio”. 

— É a movimentação dos meias e dos volantes, esse é o rodízio que estamos fazendo. Uma forma para embaralhar a marcação dos nossos adversários. Assim poderemos sair da imposição defensiva dos times que vamos enfrentar — explica o volante Gilson.

Outra característica do novo time de Winck é a função do goleiro. Muitas jogadas partem deste primeiro passe para a definição de qual caminho a equipe seguirá até o ataque. O chutão é substituído por passes ou lançamentos rápidos. Em resumo, o goleiro precisará saber jogar com a bola no chão.

— Nos dias de hoje, o goleiro tem que utilizar muito os pés. Lógico, é preciso sabedoria e experiência para saber o momento certo de dar o passe e o chutão. O importante é ter o discernimento de fazer o certo em cada momento. O Winck gosta muito que o goleiro trabalhe com os pés, estamos treinando muito isso com o Humberto (Flores, preparador de goleiros), para na hora do jogo ter a certeza de fazer a opção certa — destaca o goleiro Gledson.

Um bom teste para a equipe do Caxias será na sexta-feira, diante do Veranópolis, às 17h, no Estádio Antônio David Farina. Um adversário com a cara do Gauchão. 

A partir daí, Winck poderá tirar muitas conclusões sobre as características e onde precisará aprimorar esse novo Caxias.


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros