Após três temporadas no Jaconi, meia Wallacer deixa o Juventude - Esportes - Pioneiro

Gauchão 201801/12/2017 | 20h39Atualizada em 01/12/2017 | 20h39

Após três temporadas no Jaconi, meia Wallacer deixa o Juventude

Empresário do jogador disse que clube não demonstrou interesse na renovação

Após três temporadas no Jaconi, meia Wallacer deixa o Juventude Felipe Nyland / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Felipe Nyland / Agência RBS / Agência RBS

Um longo ciclo que se encerra no Estádio Alfredo Jaconi. Após três temporadas no Juventude, o meia Wallacer deixou o clube. A definição ocorreu na tarde da sexta-feira, quando o empresário do atleta esteve em Caxias.

Não é a primeira vez que o meia deixa o alviverde. No início de 2016, após boa participação na Série C do ano anterior, ele preferiu jogar o Campeonato Paranaense pelo Operário. Mas não chegou a ficar nem meio ano longe do Jaconi. Voltou e foi uma das peças principais na conquista do acesso. 

Em 2017, foram 30 jogos com a camisa do Juventude, sendo sete no Gauchão e 23 na Série B.  No entanto, em nenhum momento Wallacer conseguiu a titularidade absoluta na equipe. Por mais que tenha iniciado 14 partidas, acabou permanecendo mais tempo na reserva. 

Segundo o empresário do jogador, Mário Ferro, o clube não demonstrou interesse na renovação do vínculo de Wallacer. Ferro também é empresário do lateral-esquerdo Diego Corrêa, que disputou a Série B pelo CRB e interessava ao Ju. Porém, o atleta irá renovar com a equipe alagoana.

Lateral-direito na mira

O técnico Antônio Carlos Zago recebeu a indicação de reforço para o Juventude. O lateral-direito Tiago Cametá, que disputou a Série B pelo Ceará, pode aparecer no Alfredo Jaconi.

O atleta de 25 anos tem vínculo com o Vozão até o final de 2019, mas deve ter a saída facilitada.  Cametá não atua desde a 31ª  rodada da competição nacional, quando foi afastado do elenco. 

Durante a Série B, o lateral disputou 27 partidas, sendo 26 como titular. 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros