Jogadores do Ju lamentam chances desperdiçadas e novo tropeço na despedida do Alfredo Jaconi em 2017 - Esportes - Pioneiro

Série B18/11/2017 | 00h23Atualizada em 18/11/2017 | 00h23

Jogadores do Ju lamentam chances desperdiçadas e novo tropeço na despedida do Alfredo Jaconi em 2017

Equipe alviverde subiu para 51 pontos e segue na oitava colocação

Jogadores do Ju lamentam chances desperdiçadas e novo tropeço na despedida do Alfredo Jaconi em 2017 Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Após mais um empate sem gols e encerrando, assim, seus jogos em casa na temporada de 2017, os jogadores lamentaram os erros ofensivos da equipe alviverde.

– Infelizmente não queríamos encerrar assim em casa. Teve uma evolução com o Antônio (Carlos Zago, técnico), mas não estamos conseguindo fazer os gols. Vamos para Recife tentar acabar com dignidade – disse o atacante Ramon.

O volante Diego Felipe também lamentou que o time não tenha conseguido aproveitar as oportunidades que criou nos dois tempos.

– Hoje (sexta-feira) acredito que o placar foi injusto pelo nosso volume de jogo. Primeiro tempo tivemos chances, mas não conseguimos concluir em gols. Tem a dificuldade de não conseguirmos treinar, por causa dos jogos em sequência. Faltou um pouco de concentração no último passe – avaliou o volante.

O lateral e capitão Pará valorizou a campanha:

– Nosso time lutou até o final, nossa campanha em casa foi excelente, mas não conseguimos fazer gols nos dois últimos jogos.  Não conseguimos deixar uma boa impressão no final, mas foi um baita ano.

Para o goleiro Matheus Cavichioli resta ao time encerrar o ano com dignidade, na terça, diante do Santa Cruz, em Recife.

– Queríamos terminar com a vitória. Tentamos de todo jeito, atacamos o tempo todo. Tem mais um jogo, tentar terminar com a dignidade que o clube merece. Temos que valorizar o clube com boas apresentações – ponderou o goleiro, que afirmou o desejo de permanecer no Alfredo Jaconi para a próxima temporada.

– Estou tratando da mesma forma que cheguei aqui: quando acabar o campeonato, vou sentar com meus representantes e analisar as propostas. Eu quero ficar. Gosto da cidade, das pessoas que comandam o clube e que trabalham aqui. 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros