Caxias Basquete perde para o Flamengo fora de casa - Esportes - Pioneiro

NBB 1030/11/2017 | 21h40Atualizada em 30/11/2017 | 21h40

Caxias Basquete perde para o Flamengo fora de casa

Derrota por 79 a 69 faz aproveitamento de time caxiense baixar dos 50%

Caxias Basquete perde para o Flamengo fora de casa Staff Images / Flamengo/Flamengo
Ala Alex (E) não conseguiu pontuar de três pontos Foto: Staff Images / Flamengo / Flamengo

Mais uma vez o Caxias do Sul Basquete/Banrisul foi superado pelo Flamengo. Jogando no Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira, o time de Rodrigo Barbosa foi derrotado por 79 a 69, em jogo que teve o segundo quarto decisivo para os cariocas. É a primeira vez na temporada que o time caxiense baixa dos 50% de aproveitamento. Agora serão três jogos em casa para manter o bom desempenho no Ginásio do Vascão. O primeiro, na segunda-feira, contra a Liga Sorocabana, às 19h.

O primeiro quarto foi de equilíbrio durante todo o tempo. Os donos da casa não conseguiram abrir distância do Caxias, que teve em Pedro, vindo do banco, o principal destaque. Ao final do período a vantagem para o Flamengo era de apenas três pontos — 22 a 19.Assim como aconteceu no jogo contra o Minas, na terça-feira, o time de Rodrigo Barbosa começou a dar espaço para os chutes de longe dos flamenguistas. Ao final do primeiro tempo os cariocas tinham cinco acertos de três pontos, contra apenas um do Caxias.

Com as duas equipes menos efetivas nas tentativas de pontuar, o Flamengo fez 17 a 11 no período e foi para o vestiário com a vantagem de 39 a 30 no placar geral.

Sem efetividade de três

A volta do vestiário teve um pouco mais do Caxias Basquete do primeiro quarto do que o terminou a etapa inicial. Assim, a equipe do Flamengo não se distanciou durante o período.

Porém, o baixo aproveitamento do Caxias Basquete nos arremessos da linha de três pontos impediram que o time conseguisse uma aproximação maior no placar.

O ala Alex, por exemplo, que nas partidas anteriores vinha com aproveitamento médio de quatro ou cinco acertos de três pontos, tentou sete bolas longas sem ter hesito em nenhuma.

Ao final do quarto, os cariocas fizeram 20 a 17 no período e ampliaram a diferença na partida para 59 a 47.

No último quarto o Caxias até conseguiu encostar, vencendo o período por 22 a 20. Porém, a diferença caiu pouco e o placar final de 79 a 69 manteve o tabu do time de Rodrigo Barbosa contra o Flamengo — cinco derrotas.


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros