Marcelo Demoliner é vice de duplas em Viena e atinge melhor ranking da carreira - Esportes - Pioneiro

Tênis29/10/2017 | 16h59Atualizada em 29/10/2017 | 16h59

Marcelo Demoliner é vice de duplas em Viena e atinge melhor ranking da carreira

Gaúcho de 28 anos aparecerá entre os 40 melhores do mundo

Marcelo Demoliner é vice de duplas em Viena e atinge melhor ranking da carreira Erste Bank Open/ATP Vienna/Divulgação
Marcelo Demoliner (à esquerda) e Sam Querrey Foto: Erste Bank Open/ATP Vienna / Divulgação

O tenista caxiense Marcelo Demoliner e o norte-americano Sam Querrey ficaram com o vice-campeonato da chave de duplas do ATP 500 de Viena, na Áustria. Na decisão disputada neste domingo, eles chegaram a ter dois match points diante do indiano Rohan Bopanna e do uruguaio Pablo Cuevas, mas acabaram levando a virada e perderam por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7), 6/7 (4) e 11/9, depois de 1h45min de partida.

A semana foi incrível para Demoliner. Pela primeira vez atuando com Querrey, 14º colocado no ranking mundial de simples da ATP, o brasileiro comemorou vitórias sobre os espanhóis Feliciano Lopez e Marc Lopez, campeões de Roland Garros em 2016, e os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan, donos de 112 títulos no circuito mundial. 

Mesmo sem vencer o torneio, Demoliner garantiu pontos suficientes par figurar pela primeira vez na carreira entre os 40 melhores do mundo. Ele deve ser confirmado como 35º no ranking de duplas da ATP que será divulgado nesta segunda-feira.

Essa foi a sexta decisão do tenista gaúcho de 28 anos em um torneio do circuito da ATP e o sexto vice-campeonato. Antes, ele já havia sido finalista em Quito (Equador) e Bastad (Suécia) em 2016 e em São Paulo, Lyon (França) e Chengdu (China), todos os eventos ATP 250, nesta temporada. Nessas competições, ele sempre atuou ao lado do neozelandês Marcus Daniell, exceção feita a Quito, quando jogou com o paulista Thomaz Bellucci.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros