Marcelo Demoliner alcança maior final da carreira no ATP 500 de Viena - Esportes - Pioneiro

Em alta nas quadras27/10/2017 | 17h50Atualizada em 27/10/2017 | 17h50

Marcelo Demoliner alcança maior final da carreira no ATP 500 de Viena

Tenista caxiense e o parceiro Sam Querrey avançaram por desistência de dupla adversária

Marcelo Demoliner alcança maior final da carreira no ATP 500 de Viena Marcelo Demoliner/Arquivo Pessoal
Sam Querrey e Marcelo Demoliner vão decidir título do torneio austríaco neste domingo (29) Foto: Marcelo Demoliner / Arquivo Pessoal
Pioneiro
Pioneiro

Um dia após superar a melhor dupla de tênis da história, o gaúcho Marcelo Demoliner avançou à decisão do ATP 500 de Viena, na Áustria, evento sobre o piso duro e coberto com premiação de 2,035 milhões de euros. Ao lado 

Ao lado do americano Sam Querrey, 14º do ranking de simples e semifinalista de Wimbledon neste ano, o tenista número 3 do Brasil e 42º do mundo no ranking individual de duplas contou com a desistência da parceria formada pelo austríaco Olivier Marach e o croata Mate Pavic. Marach sentiu uma lesão nas costas na rodada anterior e não pôde entrar em ação nesta sexta-feira (27).

Leia mais
Federer e Del Potro avançam às quartas na Basileia
Caxiense Marcelo Demoliner alcança melhor ranking da carreira após título nos Estados Unidos

Demoliner e Querrey vão decidir o troféu no domingo diante dos vencedores do jogo entre Rohan Bopanna(IND)/Pablo Cuevas(URU) e Lucas Pouille(FRA)/Karen Khachanov(RUS). Esta partida ocorre apenas neste sábado.

– Não era como eu queria, mas faz parte do jogo, às vezes não é da melhor forma que queria, mas ganhamos duas grandes partidas aqui de duplas bem conceituadas, uma melhor da história. Estamos jogando bem, entrosamento cada vez mais fácil, não é fácil entrosar em só dois jogos, mas está dando certo, Querrey é um cara bem legal fora da quadra e sua equipe está me ajudando bastante aqui, estou feliz com a final e vamos buscar o caneco no domingo – disse o tenista de Caxias do Sul. 

Na quinta-feira, Demoliner e Querrey venceram os gêmeos americanos Bob e Mike Bryan, maiores campeões de duplas no tênis masculino, com parciais de 6/3, 3/6 e 10/8, após jogo de 1h4min de duração.

Esta será a sexta final da carreira de Demoliner e quarta somente em 2017. Nesta temporada, foi vice-campeão do Brasil Open, em São Paulo, Lyon, na França, e Chengdu, na China, todos os eventos ATP 250 e ao lado do seu parceiro fixo, o neozelandês Marcus Daniell.

Ele atua esta semana com Querrey por conta de combinação de ranking onde não entraria direto com Daniell. Em 2016, Demoliner fez finais em Quito, no Equador, com Thomaz Bellucci e Bastad, na Suécia, com Daniell. 

Ele vai somando 255 pontos (300 pela final menos 45 do 18º melhor resultado) e por enquanto ficando próximo do grupo dos 35 melhores do mundo, que será seu melhor desempenho, pela primeira vez dentro dos 40 do mundo. Se vencer a final ficará entre a 33ªe a 34ª colocação. 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros