Conheça os oito vencedores do Concurso Cultural Torcedor desde Criancinha - Esportes - Pioneiro

Camisas para a gurizada11/10/2017 | 20h59Atualizada em 11/10/2017 | 21h04

Conheça os oito vencedores do Concurso Cultural Torcedor desde Criancinha

Premiados podem retirar as camisas oficiais a partir desta sexta-feira, na sede do Jornal Pioneiro

Conheça os oito vencedores do Concurso Cultural Torcedor desde Criancinha Arte Pioneiro/Agência RBS
Foto: Arte Pioneiro / Agência RBS
Pioneiro
Pioneiro

Chegou a hora de conhecer os oito torcedores premiados com camisas oficiais da dupla Ca-Ju. Eles foram os mais criativos e originais nas frases encaminhadas ao Pioneiro no concurso cultural Torcedor desde Criancinha. 

As camisas estarão à disposição dos pequenos torcedores a partir de amanhã, em horário comercial, na recepção da sede do jornal Pioneiro (Rua Jacob Luchese, 2.374, bairro Santa Catarina). Para retirar o prêmio, é só apresentar um documento de identificação.

Os brinquedos doados no momento da entrega dos cupons serão doados para a Associação Criança Feliz. Confira os vencedores na lista abaixo e suas respectivas frases, que completavam o enunciado "Escolhi ser Papo/Grená porque....":

Torcedores do Caxias:
Isabela Talin
"Além do sangue grená, que corre nas nossas veias, ser grená é coração"

Laura Bueno Barcarolo
"A cor do Caxias é parecida com a roupa do Papai Noel"

Letícia Sobieski Loro
"Ele representa minha cidade e esse time me traz felicidade"

Leonardo Sartori Grandi
"Quando nasci, a primeira roupa que meus pais colocaram em mim foi um tiptop do Caxias. Quando minha mãe queria tirar, eu chorava. Como não me serve mais, gostaria de ganhar uma camisa oficial do meu time do coração, o qual escolhi ainda quando morava no céu, porque lá no céu já estava o meu avô, que me contou que seu time era o Caxias"

Vencedores do Juventude

Artur Demetrio
"É o time do meu coração, que me dá emoção, que me faz vibrar e comemorar a cada gol. Da-lhe meu Verdão"

Luisa Garibaldi Furlan
"Isso passa de geração em geração. Meu pai me leva no estádio desde bebê"

Bryan da Silva de Lima
"Eu nunca tinha ido num jogo e como foi a primeira vez num campo, me apaixonei pelo Juventude"

Mateus Padilha Ribeiro
"Antes nós éramos esquecidos, e graças ao projeto do Juventude (Virando o Jogo) hoje somos lembrados"


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros