Zagueiro Micael vive bom momento após assumir titularidade do Juventude  - Esportes - Pioneiro

Série B15/09/2017 | 09h00Atualizada em 15/09/2017 | 09h00

Zagueiro Micael vive bom momento após assumir titularidade do Juventude 

Jogador se firmou nos 11 iniciais após saída de Ruan Renato e vive boa fase, incluindo gol marcado contra o Inter

Zagueiro Micael vive bom momento após assumir titularidade do Juventude  Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Um zagueiro tranquilo e que voltou a crescer junto com o Juventude na Série B. O reserva que mais havia jogado até a 22ª rodada, Micael assumiu a titularidade na defesa contra o Inter, após a saída de Ruan Renato do clube, e foi destaque nas vitórias contra os colorados e o Criciúma, na terça-feira. Agora, o plano do jogador é ter sequência para que o final de ano seja de comemoração, como ocorreu em 2016.

Das 16 atuações que teve na Série B, apenas nas duas últimas foi titular absoluto. A continuidade é vista pelo zagueiro como a forma de aumentar a qualidade e consistência das atuações.

— Para o jogador é muito importante ter uma sequência, saber que vai jogar o próximo jogo. Tem o fator ritmo de jogo, para o goleiro e para o zagueiro, principalmente. É aquela questão de tempo de bola. Isso faz diferença em cada minuto dentro da partida — disse o defensor, que marcou seu primeiro gol na Série B no sábado passado.

Mesmo sem ser titular efetivo, a grande quantidade de jogos de Micael na Segunda Divisão se deu por uma série de fatores, como a caxumba em Domingues, a lesão muscular de Ruan Renato, além das suspensões dos defensores.

— Para mim é super importante. Fico feliz que agora consegui uma sequência de dois jogos. Já tinha algumas chances antes, mas sempre na dependência dos outros jogadores. Fico contente de estar nessa situação e espero que ele (técnico Gimar Dal Pozzo) dê sequência comigo para trabalhar e dar continuidade no campeonato — projeta.

Se conseguir junto com o time mais um acesso, Micael terá saído com o clube da Série C para a Primeira Divisão em pouco mais de um ano de clube. Porém, o defensor segue a linha cautelosa adotada no Jaconi:

— Pode parecer um pouco clichê dizer que lutamos para fugir do rebaixamento estando em cima na tabela. Mas os atletas estão fechados nessa ideia. Sabemos que temos condições de buscar algo a mais, mas é um passo de cada vez.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros