Juventude conta com a volta de Ruan Renato para regressar ao G-4 - Esportes - Pioneiro

Série B25/08/2017 | 08h33Atualizada em 25/08/2017 | 08h33

Juventude conta com a volta de Ruan Renato para regressar ao G-4

Zagueiro ficou mais de 30 dias afastado por uma lesão e retomará titularidade contra o Paraná

Juventude conta com a volta de Ruan Renato para regressar ao G-4 Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Ruan Renato tenta retomar boa fase vivida antes da lesão na coxa Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A volta de um zagueiro identificado com o Juventude. Um defensor que subiu com o time da Série C para a Série B e vinha com ótimo desempenho na competição. Contra o Paraná, nesta sexta, às 20h30min, no Durival de Brito, Ruan Renato retornará de lesão após um mês e três dias afastado das partidas. A retomada do jogador canhoto é também a possibilidade de dar continuidade a uma sequência de boas atuações:

— Estou muito feliz por voltar a equipe. Por estar apto a fazer aquilo que gosto. Passamos momentos difíceis nestes últimos jogos, mas desde o empate com o Figueirense a gente vem crescendo.

Leia mais:
Lisca reencontra equipe alviverde pela primeira vez desde o acesso de 2013
Paraná x Juventude: tudo o que você precisa saber

Sem Ruan, o Juventude disputou cinco partidas, e não sofreu gol apenas na vitória sobre o Vila Nova, em casa, na 21ª rodada. Recuperado desde a semana passada, o zagueiro sequer ficou no banco de reservas contra os goianos para aprimorar a parte física.

— Estou 100%. O pessoal da comissão só coloca o atleta para jogar assim. Por isso, desde a semana passada estou treinando, mas não fui relacionado para o jogo – diz o autor de dois gols nesta Série B, mas que não descuida da sua principal função:

— Priorizo a defesa e o nosso objetivo de não tomar gol. Mas, assim que a gente consegue ir lá na frente, quando o Tiago Marques deixa, vou chegar para ajudar a equipe com gols.

São dois anos de Juventude e 45 jogos com a camisa alviverde. Ruan Renato chegou a ter o nome especulado em times da Série A, como São Paulo e Vitória, antes da lesão. Agora, a chance de voltar também coincide com a possibilidade de reingressar ao G-4.

— Fico feliz pelo reconhecimento do trabalho, mas estou concentrado aqui. O Juventude é um clube que aprendi a gostar muito e ficar de fora é muito ruim — conclui o jogador de 23 anos.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros