Direção do Juventude ainda tem interesse em Roberson e aguarda definição do Inter - Esportes - Pioneiro

Série B22/08/2017 | 07h05Atualizada em 22/08/2017 | 07h05

Direção do Juventude ainda tem interesse em Roberson e aguarda definição do Inter

Meia-atacante de 28 anos não vem sendo relacionado por Guto Ferreira e pode ser emprestado

Direção do Juventude ainda tem interesse em Roberson e aguarda definição do Inter Ricardo Duarte/Inter/Divulgação
Roberson só está treinando no Inter Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação

Típico negócio de ocasião, o retorno do meia-atacante Roberson ao Jaconi não está descartado. A direção do Juventude demonstrou interesse no empréstimo, conversou com os dirigentes colorados, mas ainda espera uma definição oficial por parte do departamento de futebol do Inter quanto ao aproveitamento do atleta de 28 anos.

— Quando surgiu a notícia de que o Roberson não estaria mais nos planos do Inter, entramos em contato e mostramos interesse no jogador. Só que não era bem assim. O Inter não descartou o Roberson e, pelo que estou sabendo, ele ainda está nos planos da comissão técnica. O Inter ficou de nos avisar caso ele realmente saia dos planos, mas não tem essa história de prazo — explica Jones Biglia, vice de futebol do Juventude.

Como é possível trocar 10 inscritos na Série B até o dia 18 de setembro, não há necessidade de acelerar a negociação. Segundo Biglia, a ideia para o segundo turno sempre foi contratar mais um zagueiro e um meia-atacante:

— Tem que ser jogador que chegue para jogar. O caso do Roberson é específico. Nós o conhecemos e ele conhece muito bem o grupo do Juventude, então facilitaria o negócio. Mas não depende só de nós, depende mais do Inter. Quanto ao salário, é de praxe o Inter pagar boa parte do salário. O problema é que há outros clubes interessados, como Atlético-GO, Chapecoense e Avaí.

A vantagem do Juventude é o possível interesse de Roberson por conhecer o clube e o grupo, e também pelos negócios em andamento entre Ju e Inter.

— A gente pode descontar alguma coisa nos valores do Klaus, por exemplo. Temos algumas situações para negociar melhor e temos interesse no jogador, mas, como falei antes, depende do Inter em decidir não contar mais com ele — diz Biglia.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros