A volta de Vacaria Pitbull ao time titular do Juventude - Esportes - Pioneiro

Série B24/08/2017 | 07h55Atualizada em 24/08/2017 | 07h55

A volta de Vacaria Pitbull ao time titular do Juventude

Volante terá sua primeira oportunidade como titular na equipe alviverde, sexta, contra o Paraná

A volta de Vacaria Pitbull ao time titular do Juventude Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Volante Vacaria ganhará a primeira oportunidade como titular na competição nacional Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

O desejo de boa parte da torcida alviverde será realizado contra o Paraná Clube, sexta, às 20h30min, no Durival de Brito, em Curitiba (PR). Depois de muitos pedidos em redes sociais e nos jogos, e do clamor vindo das arquibancadas na última partida, chegou a vez de Vacaria, 23 anos, no time titular. Sem os suspensos Fahel e Lucas, o volante vai começar jogando pela primeira vez em uma partida de Série B. O Pitbull, como é chamado pela torcida, troca a cara de brabo que faz para os adversários pelo sorriso:

— Estou muito feliz por estar recebendo essa oportunidade do Gilmar. Trabalhei muito para isso. Esperei por essa chance e vou ter nesta sexta-feira. Espero corresponder ao máximo, fazer um grande jogo para que toda a equipe consiga um bom resultado.

Leia mais:
Grupo de jogadores do Ju mostra apoio ao técnico Gilmar Dal Pozzo

Os desejos dos jaconeros de colocarem Vacaria no time não são de agora. Desde que subiu para o profissional, são mais de 70 jogos com a camisa alviverde, vários treinadores, e poucos momentos absolutos na titularidade. Na campanha do acesso na Série C do ano passado, enquanto o rodízio de Antônio Carlos priorizava Wanderson, o torcedor insistia nos pedidos por Vacaria. O volante agradece o apoio vindo das arquibancadas.

— É bom receber esse carinho da torcida. É um incentivo a mais quando se entra em campo sabendo desse apoio que vem de fora. Para o meu lado, levo isso com muito orgulho. São anos que estou aqui no Jaconi. Levo comigo sempre, é um apoio a mais — diz o volante, que valoriza os companheiros:

— Nosso torcedor tem que saber que quem entra ali sempre vai dar o seu melhor. Independentemente se é o Vacaria, o Wanderson, o Fahel ou o Lucas que vai jogar. Tem que ter um pouco de paciência com quem está jogando. 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros