Juventude tem gama de opções para formar o meio de campo - Esportes - Pioneiro

Série B20/07/2017 | 06h30Atualizada em 20/07/2017 | 06h30

Juventude tem gama de opções para formar o meio de campo

Após usar os meias Wallacer e Leílson entre os titulares, Juninho poderá ser a nova opção para enfrentar o Oeste

Juventude tem gama de opções para formar o meio de campo Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Titular, Wallacer (C) espera manter parceria com o meia Leílson no tima do Juventude Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Desde a sétima rodada se criou uma briga acirrada no meio-campo do Juventude: Leílson ou Wallacer, quem seria o melhor armador da equipe? Foi no dia 13 de junho que o segundo ganhou sua primeira chance entre os titulares. Marcou um gol e deu assistência nos 3 a 0 sobre o ABC, no Jaconi.

Na partida seguinte, Leílson retomou a titularidade. Só que uma caxumba o tirou das três rodadas subsequentes. Isso foi o diferencial para Wallacer se consolidar no meio de campo e assumir de vez uma vaga entre os 11 iniciais. Só que os adversários encontraram uma forma de neutralizar a formação alviverde, que trabalhava muito na variação 4-1-4-1 ou 4-3-3.

Leia mais:
Ju se mantém na vice-liderança da Segunda Divisão
Treinador alviverde se diz contente com atuação diante do CRB

Para enfrentar o CRB, na última terça-feira, o técnico Gilmar Dal Pozzo surpreendeu. Aproveitou o desgaste do meia Juninho e acionou Leílson e Wallacer juntos no meio. O resultado agradou.

— Eu e o Leílson nos sentimos bem à vontade. É um jogador de muita qualidade e isso facilita bastante. Conseguimos povoar bem o meio de campo e ficamos mais próximos do gol. Espero que o Gilmar continue com esse esquema e eu possa continuar também — afirmou Wallacer.

— O Juventude só tem a ganhar. Somos dois jogadores que gostamos de ter a bola no chão, com um ou dois toques. O Wallacer tem uma qualidade tremenda. Fizemos um papel de rodar bastante a bola e ter essa paciência que exige muito — defendeu Leílson.

Seriam boas defesas para defender que se mantenham como titulares. Mas, pelas palavras do treinador, após a partida, não será preciso argumentar.

— Foi uma ideia diferente de jogo que me agradou, o 4-2-3-1. Tivemos mais volume de jogo — opinou Gilmar Dal Pozzo.

Era uma opção para preservar o meia Juninho. Só que ele retornará diante do Oeste no próximo sábado. Mas deve ocupar outra função no campo: a de Ramon. Dal Pozzo deixou no ar que poderá realizar esse teste, pois seria mais uma alternativa para mudar um pouco a forma de jogar e buscar a vitória longe do Jaconi.

— O professor tem um plantel muito bom de jogadores. Tem muitas possibilidades. Se ele pensa nesta alternativa, observou algumas características do Oeste e que o Juninho encaixa melhor — avalia Wallacer.

Esse é o Juventude. Utilizando toda sua gama de possibilidades para tentar voltar a vencer e se manter no grupo de cima da tabela da Série B.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comHomem sofre fratura nas duas pernas em empresa de Caxias do Sul https://t.co/NlRqVeBNVa #pioneirohá 7 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEstacionamento na Avenida Rio Branco volta a operar em Caxias https://t.co/s6RxA2Xnx1 #pioneirohá 8 horas Retweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros