Juventude projeta dificuldades para enfrentar o lanterna - Esportes - Pioneiro

Série B11/07/2017 | 07h18Atualizada em 11/07/2017 | 07h18

Juventude projeta dificuldades para enfrentar o lanterna

Alviverde tentará tirar pontos do Náutico, na noite desta terça-feira, em Pernambuco

Juventude projeta dificuldades para enfrentar o lanterna Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Centroavante Tiago Marques não considera a possibilidade de vencer facilmente o Timbu Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O encontro de opostos. 

A noite desta terça marca o duelo do líder contra o lanterna da Série B. O Juventude visitará o Náutico, na Arena Pernambuco, às 21h30min, na região metropolitana de Recife. Seria este o jogo mais fácil do time alviverde na competição, até pela diferença de 20 pontos entre as equipes? Bem pelo contrário.

— Muitos dão o jogo como vencido porque eles estão na zona de rebaixamento e nós em primeiro. Mas sabemos que a dificuldade será muito grande, pois o rival tem qualidade também. É aquele ditado: se não ganhar, não perde. Trazer um ponto fora de casa num campeonato difícil é muito bom — afirma o goleador Tiago Marques.

A confiança do Timbu vem da primeira vitória na competição, contra o ABC, por 1 a 0, após 11 rodadas sem conseguir um triunfo. É um time que tenta engrenar e se recuperar na tabela. Afinal, a campanha ainda destoa dos demais, com apenas cinco pontos.

— Eu assisti o jogo contra o CRB. Eles acabaram perdendo, mas jogando muito. O Beto Campos já implementou seu modo de trabalho. Depois, eles venceram o ABC fora. Eles vêm numa crescente. O crescimento do Náutico na competição mostra que será um jogo muito difícil. Em algum momento, falei que o Náutico destoava da linha da Série B, mas também falei que eles iam conseguir retomar. Conseguiram já no desempenho nas partidas — destaca o técnico alviverde Gilmar Dal Pozzo.

Mas se o rival está nesta crescente, por outro lado, o Juventude transborda confiança. Afinal, é o líder isolado e com uma diferença de sete pontos para o quinto colocado. Faltam apenas seis vitórias para completar o primeiro objetivo: garantir a permanência na Série B. Definitivamente, a campanha é irretocável e a empolgação do torcedor é justificada a cada rodada. São situações sob controle dentro do vestiário, ao menos no discurso.

— Pé no chão. O campeonato é longo e vamos ter muitos jogos difíceis. O professor Gilmar fala bastante sobre isso e que não ganhamos nada. Apenas estamos fazendo nosso dever — ressalta o artilheiro alviverde.

Agora, o objetivo é somar pontos fora de casa. Nesta terça é contra o Náutico. Sábado será a vez do Ceará, na Arena Castelão. Uma semana na Missão Nordeste. E a receita é bem simples:

— Só vamos garantir nossos objetivos conquistando vitórias ou somando pontos fora de casa, sendo melhores que os adversários — projeta Dal Pozzo.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros