Talento do taekwondo caxiense e da seleção brasileira faz vaquinha online para participar de torneios - Esportes - Pioneiro

Sem Fiesporte16/06/2017 | 07h10Atualizada em 16/06/2017 | 07h10

Talento do taekwondo caxiense e da seleção brasileira faz vaquinha online para participar de torneios

Welinton Samuell Bairros de Fraga tem 17 anos e treina na ACTKD

Talento do taekwondo caxiense e da seleção brasileira faz vaquinha online para participar de torneios Roni Rigon/Agencia RBS
Welinton representa a Associação Caxiense de Taekwondo Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Um atleta que não luta somente dentro do tatame, mas que também precisa encontrar soluções fora dele. É o caso de Welinton Samuell Bairros de Fraga, que aos 17 anos vive a incerteza de ter que buscar recursos para seguir acreditando na possibilidade de representar Caxias do Sul em competições internacionais e, futuramente, quem sabe em uma Olimpíada. No taekwondo desde os quatro anos, o lutador é o único atleta do Rio Grande do Sul na seleção brasileira adulta. Mas, nem por isso, conta com o apoio desejado.

Talento da equipe da Associação Caxiense de Taekwondo (ACTKD), uma das entidades beneficiadas pelo Fiesporte e que ainda não recebeu a verba referente ao fomento municipal, Welinton tem competições importantes nos próximos meses. Porém, sem os recursos que estavam orçados no projeto do Fiesporte, e sem a certeza de quando o dinheiro será liberado, atleta e associação buscaram uma alternativa: a vaquinha online.

A ideia é arrecadar pelo menos R$ 8 mil para disputar o Aberto da Argentina, em Buenos Aires, de 18 a 20 de agosto, e o Pan-Americano de Taekwondo, em San José, na Costa Rica, de 1º a 3 de setembro.Os valores custeariam as despesas com passagens aéreas, hospedagem, translado e inscrição nos dois campeonatos, que valem, cada um, 10 pontos para o ranking mundial e também para o olímpico.

Lutador é treinado pelo professor Daniel Brisotto Foto: Roni Rigon / Agencia RBS


— O taekwondo é minha vida, o meu prato de comida e tenho o sonho de ser profissional. Sou de uma família humilde, saí da modalidade em 2012 porque precisava ajudar em casa e trabalhei como empacotador em um mercado. Voltei em 2014, aqui na ACTKD, e minha história mudou. Sei que o taekwondo pode ser o meu futuro — conta o garoto Welinton, que há dois anos também integra a seleção gaúcha.

A ACTKD tinha a intenção de mandar para as competições quatro atletas, o que também estava orçado no Fiesporte. A escolha por priorizar neste momento Welinton é justamente pelo fator seleção brasileira. Na categoria até 54kg, o caxiense é hoje o reserva imediato do time nacional e tem possibilidade concreta de ir para os Jogos de Tóquio, em 2020.

A vaquinha online vai até 18 de agosto, data em que Welinton participa da etapa argentina. As doações podem ser feitas no site vakinha.com.br/actkd-para-o-mundo. Até ontem, apenas R$ 120 haviam sido arrecadados.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comUm novo delegado contra o crime organizado em Caxias do Sul https://t.co/u7gDk61o3u #pioneirohá 3 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCaxiense Gregorio Caselani termina quarta etapa em segundo, mas ainda lidera Rally dos Sertões https://t.co/ST0abrKsxr #pioneirohá 3 horas Retweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros