Novela sobre o Fiesporte segue sem prazo para terminar em Caxias do Sul - Esportes - Pioneiro

Esporte amador22/06/2017 | 11h31Atualizada em 22/06/2017 | 13h21

Novela sobre o Fiesporte segue sem prazo para terminar em Caxias do Sul

Secretários respondem requerimento de informação à Câmara, mas liberação da verba continua sem previsão

Novela sobre o Fiesporte segue sem prazo para terminar em Caxias do Sul Roni Rigon/Agencia RBS
Secretários José Alfredo Duarte Filho e Márcia Rhor responderam questionamentos nesta semana Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

A notícia que boa parte da comunidade esportiva esperava, não será dada nesta quinta. O dinheiro destinado por lei do Fiesporte ainda não chegou ao seu destino final — os contemplados. Enquanto isso, os movimentos nas esferas políticas da cidade para o pagamento do fomento municipal seguem. 

Na quarta, novos desdobramentos tornaram mais angustiante a espera de quem segue com o futuro de seus projetos indefinido.As respostas ao pedido de informações feito pelo vereador Alberto Meneguzzi (PSB) à Secretária do Esporte e Lazer, Márcia Rohr da Cruz, e do Secretário de Gestão e Finanças, José Alfredo Duarte Filho, chegaram. E as dúvidas aumentaram.

Leia mais:
Secretária critica falta de agilidade na prestação de contas das entidades

No documento, a secretária diz que dois projetos não entregaram as prestações de contas nos anos anteriores. Daqueles que fizeram no prazo, a prestação está em análise, na Smel, ou no Sistema de Controle Interno da Prefeitura. De Duarte Filho, a resposta foi que a Secretaria de Gestão e Finanças realizará os repasses quando o processo alcançar a fase de liberação de recursos de cada projeto, desde cumprida a legislação reguladora, que inclui a homologação pelo Controle Interno.

Meneguzzi entende que a secretária de esportes e lazer não agiu com má fé, mas de uma maneira equivocada quanto ao processo.

— Não acho que seja má vontade. Acho que houve erros. Ela entrou e errou nessa questão do edital 2017. Houve uma falta de informação dela. Acredito que se atrapalhou e houve uma certa incompetência de fazer as coisas andarem de outro jeito, com uma nova lei, com diálogo, para que esses problemas não chegassem até quase julho sem serem resolvidos — avaliou o vereador.

Em seu discurso no plenário da Câmara de Vereadores, na manhã de ontem, Meneguzzi citou uma conversa que teve com Duarte Filho, na presença de outras pessoas, em que o secretário disse que não defenderia mais Márcia, pois ela estaria colocando a culpa nele por situações que não são suas.

Vereador Alberto Meneguzzi vê erros no processo de pagamento do Fiesporte Foto: Matheus Teodoro / Divulgação

O responsável pela pasta de Gestão e Finanças negou a parte em que teria reclamado do comportamento da secretária, mas reafirmou sua posição em relação às responsabilidades de sua pasta.

— Cada secretaria tem que responder pelas suas funções. Eu respondo pela minha, ela pela dela. Ele (Meneguzzi) fez um requerimento de informações que abrangia a minha secretaria e a Smel. Respondi que só pago quando chegar na boca do caixa o processo todo legal. Ele se queixou para mim: ¿tu respondeu direitinho, mas a Márcia não¿. E eu disse que cada um responde pela sua. Cobra dela então — disse Duarte Filho.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPioneiro Esportes https://t.co/TQSP2pRzYX #pioneirohá 20 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCremers deve entregar relatório sobre o Postão de Caxias ao MP até segunda https://t.co/Lz0KkhHoC7 #pioneirohá 40 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros