Juventude enfrenta Goiás com Dal Pozzo comemorando bom momento - Esportes - Pioneiro

Série B27/06/2017 | 09h36Atualizada em 27/06/2017 | 15h39

Juventude enfrenta Goiás com Dal Pozzo comemorando bom momento

Partida contra o Goiás, às 19h15min desta terça-feira, pode recolocar o time alviverde na liderança da Série B

Juventude enfrenta Goiás com Dal Pozzo comemorando bom momento Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Gilmar Dal Pozzo valoriza a boa campanha a frente do Juventude Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

No banco de reservas contra o Goiás, nesta terça-feira, a partir das 19h15min, no Jaconi, num técnico que expressa a alegria do momento no Juventude.

— Estou muito feliz. Mas muito. E não é pouco, não — admitiu Gilmar Dal Pozzo, treinador que mantém a equipe alviverde há oito rodadas no G-4 da Série B.

O comandante tem a possibilidade de dar sequência na boa largada do time até aqui no Brasileiro.

— Estava em casa tomando meu chimarrão com minha família, porque não tomo só vinho. E eu disse: são 10 jogos, 19 pontos, com desempenho e formando uma equipe, isso é desafiador para um técnico. Eu me sinto um técnico vencedor no Juventude porque agora tem o meu trabalho. No Gauchão, não. No Estadual peguei uma herança que todo mundo sabe — comemora Dal Pozzo.

Lateral-direito Tinga está entre os relacionados após cinco rodadas fora Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Uma situação que o treinador terá que decidir para hoje é a lateral-direita. Vinícius está fora. Vacaria é uma das opções, mas Tinga, recuperado de lesão, voltou a aparecer entre os relacionados. Além disso, enquanto comemora a boa fase na tabela e o crescimento do time na Série B, o treinador tem que gerenciar um problema que vem tirando rodada após rodada opções do grupo — o surto da caxumba. Desta vez é o centroavante João Paulo que desfalca o elenco por conta do vírus. No campeonato, já são quatro jogadores acometidos pela doença. Os primeiros sintomas no atacante, segundo o técnico, foram observados no intervalo em Londrina. Por isso, ele não o colocou em campo.

— Eu pensei que, se deixasse o Tiago (Marques), vai que dá uma lesão pelo desgaste que ele estava. Aí, para este jogo, seriam dois centroavantes fora. Por isso tomei a decisão lúcida — alegou o técnico, que diz não se abalar com algumas críticas que recebeu após a forma como o time cedeu o empate em Londrina:

— Tenho 28 anos de futebol. Isso não me incomoda mais. Não perco mais meu tempo.Dal Pozzo só parece ficar desconfortável com alguns questionamentos sobre suas escolhas.

— O que me incomoda são as inverdades. Quando eu falo aqui que a gente fez a troca de um determinado jogador é porque temos profissionais capacitados para avaliar. Não é só minha a decisão — disse Dal Pozzo, que respondeu sobre quais inverdades o incomodam com um simples:
— A mentira me chateia.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comApahand/UCS/Farroupilha estreia na elite do handebol feminino após temporada fora https://t.co/YBFV1xUTGS #pioneirohá 31 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPrefeitura de Caxias aperta o cerco à venda de produtos colonias sem registro https://t.co/UycVpQ8eNp #pioneirohá 58 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros