Ex-Ju e Grêmio, lateral Alex Telles ainda sonha com a Seleção Brasileira - Esportes - Pioneiro

De férias02/06/2017 | 21h10Atualizada em 04/06/2017 | 18h32

Ex-Ju e Grêmio, lateral Alex Telles ainda sonha com a Seleção Brasileira

Caxiense de 24 anos está na Serra Gaúcha curtindo a família e os amigos

Ex-Ju e Grêmio, lateral Alex Telles ainda sonha com a Seleção Brasileira Felipe Nyland/Agencia RBS
Alex Telles esteve no jornal Pioneiro nesta sexta-feira Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Nesta sexta-feira, o lateral-esquerdo caxiense Alex Telles concedeu entrevistas para a Gaúcha Serra e ao canal do Facebook do Pioneiro Esportes. Além de comentar sobre a temporada em que mais atuou (45 jogos pelo Porto, de Portugal), falou sobre o objetivo de vestir a camisa da Seleção Brasileira.

Os laterais brasileiros Daniel Alves e Marcelo são as inspirações de Telles. Titulares absolutos de Tite e com currículos cheios de títulos.

— O Brasil tem hoje os dois melhores laterais do mundo, que são o Daniel Alves e o Marcelo – analisa Telles, fã do jogador da Juventus.

Ainda que tenha surgido a possibilidade de defender a seleção da Itália, a camisa amarela tem prioridade.

— Tenho certeza que o meu momento irá chegar. Sou novo ainda, tenho 24 anos. Em todas as convocações, ficamos esperando esse convite, mas nada valerá a pena se não fizer o meu trabalho no Porto — destaca o caxiense, que já atuou também no Galatasaray-TUR e Inter de Milão-ITA.

O projeto é participar da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, mas hoje está um pouco distante. Vale lembrar, também, que ele atua numa posição onde Marcelo e Filipe Luís são absolutos. A terceira alternativa é Alex Sandro, da Juventus.

— Estou tranquilo. Sei da capacidade dos que estão ali, até por isso tenho essa aceitação e a consciência de que preciso trabalhar para chegar no nível deles — observa.

Alex Telles falou na Gaúcha Serra Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Revelado pelo Juventude, onde passou 15 anos jogando da base até o profissional, Telles viu de longe o alviverde voltar para a Série B nacional. Projetando uma carreira mais longa na Europa, ele prioriza o retorno ao Alfredo Jaconi quando estiver próximo da aposentadoria do futebol. Ou para o Grêmio, time em que brilhou e chamou a atenção dos europeus.

— Não penso nisso agora. Mas, no futuro, quando estiver beirando os 30 e poucos, penso em voltar ao Brasil. Grêmio e Juventude têm a preferência. Quem sabe retornar ao Juventude para encerrar meu ciclo — finaliza.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comIniciativa distribuiu refeições, agasalhos e cobertores a moradores de rua em Caxias https://t.co/cBGFwyG0wP #pioneirohá 14 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comMilhares visitam Fenakiwi, em Farroupilha, na abertura da última edição da festa https://t.co/ZLCJu2BwtF #pioneirohá 29 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros