Dal Pozzo valoriza ponto conquistado fora de casa apesar de gosto amargo do empate  - Esportes - Pioneiro

Série B24/06/2017 | 19h22Atualizada em 24/06/2017 | 19h22

Dal Pozzo valoriza ponto conquistado fora de casa apesar de gosto amargo do empate 

Juventude cedeu o 2 a 2 contra o Londrina após estar na frente do adversário até os 45 minutos do segundo tempo

Dal Pozzo valoriza ponto conquistado fora de casa apesar de gosto amargo do empate  Porthus Junior/Agencia RBS
Dal Pozzo falou sobre condição física do grupo após empate fora de casa Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Um resultado amargo pela circunstância do jogo, mas um ponto importante fora de casa. Assim o técnico Gilmar Dal Pozzo avaliou o empate em 2 a 2 contra o Londrina após o time estar com dois gols na frente do adversário.

Desta vez, o que foi ponto forte em alguns jogos no Jaconi, deu o ponto para o adversário — o gol no final.
— Fica o gosto azedo e amargo por estar vencendo por 2 a 0. Mas não podemos ser injustos e ingratos porque buscamos duas vitórias nos momentos finais. Vamos valorizar sim esse ponto conquistado aqui — avaliou o técnico alviverde.

A sequência de jogos que o Juventude encarou até agora também foi dita pelo treinador como um dos pontos para a queda do time no final da partida. Tiago Marques, que deu as duas assistências para os gols alviverdes, saiu no segundo tempo, justamente no momento em que o Londrina cresceu.

— Era necessário fazer a mudança. O Tiago manifestou no intervalo que queria sair. Não tiraria ele numa situação normal — admitiu Dal Pozzo, que contou mais alguns problemas físicos:
— Estamos indo no limite. O Ramon estava com problema. O Lucas não tinha mais condições no final.

Sobre uma possível cobrança do torcedor, com expectativa positiva que o time criou com a boa arrancada da Série B, e os dois últimos resultados, Dal Pozzo foi enfático:
— O Juventude é time grande. Tem a cobrança e não é só do torcedor. É do técnico. Eu sou um vencedor. Vim para o Jaconi para fazer uma campanha boa. A gente vai seguir forte no trabalho. Não tem muito tempo para lamentar, assim como não tínhamos muito tempo para comemorar quando estava ganhando.

Para o jogo da terça-feira, contra o Goiás, no Alfredo Jaconi, Vinícius, que saiu com problemas musculares, não deve atuar. Vacaria deve ser deslocado na lateral direita. Dal Pozzo falou em paciência:
— Peço a compreensão do torcedor se tiver que improvisar de novo na direita.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros