Marcelo Rocha: Em um campeonato de times tão parecidos, o Jaconi será decisivo para o Ju - Esportes - Pioneiro

Coluna Digital26/05/2017 | 16h41Atualizada em 26/05/2017 | 16h41

Marcelo Rocha: Em um campeonato de times tão parecidos, o Jaconi será decisivo para o Ju

Base da campanha do Juventude na Série B vai passar pelos jogos em casa

Marcelo Rocha: Em um campeonato de times tão parecidos, o Jaconi será decisivo para o Ju Porthus Junior/Agencia RBS
Partida contra o Paraná será primeiro do Juventude em um sábado nesta Série B Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A Série B do Brasileiro  está se mostrando neste início um campeonato de iguais. Ninguém é muito melhor do que ninguém. E quem era para apresentar algo diferente, casos do Inter e do Goiás, mostra dificuldades na arrancada.

Acredito que o diferencial deste começo será o equilíbrio de quem conseguiu se preparar melhor. E nisso, o Juventude pode tirar proveito. Teve tempo. Está com grupo. Apresenta opções. As mudanças de um jogo para o outro entraram bem. Só precisa encorpar uma sequência.

É um campeonato de semelhantes. O líder CRB não tem nada de excepcional que o Goiás, que acumula duas derrotas na competição, não tenha. E ainda é cedo para qualquer definição de que esse é bom, ou aquele é ruim.

O Juventude tem um jogo complicado neste sábado. Não que o Paraná tenha algo a mais que os comandados de Gilmar Dal Pozzo. Mas vem, mesmo que seja com time misto, embalado de uma importante vitória contra o Atlético-MG, pela Copa do Brasil.

Para Gilmar Dal Pozzo é a chance de repetir a ideia de jogo, com algumas peças mais entrosadas, de consolidar o mando de campo. Em um campeonato de times tão parecidos, o Jaconi será decisivo para o Ju. Dificilmente ganhará todas em casa. Mas pode consolidar esse temor de que, quem jogar em Caxias do Sul, terá que lutar em dobro para tirar pontos do Juventude.




 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros