Craque do Gauchão 2017, goleiro Matheus Cavichioli é apresentado pelo Juventude - Esportes - Pioneiro

Novo paredão10/05/2017 | 18h50Atualizada em 11/05/2017 | 08h40

Craque do Gauchão 2017, goleiro Matheus Cavichioli é apresentado pelo Juventude

Jogador de 30 anos chega para ser um dos líderes do grupo na Série B

Craque do Gauchão 2017, goleiro Matheus Cavichioli é apresentado pelo Juventude Felipe Nyland/Agencia RBS
Dois últimos goleiros campeões estaduais por um time do Interior, Dal Pozzo conversou com Matheus antes do treino Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O craque do Gauchão chegou, treinou e foi apresentado. E se tudo der certo até esta quinta-feira, poderá estrear contra o Luverdense, na sexta-feira, na primeira partida do Juventude na Série B do Brasileiro. Matheus Cavichioli vem com a conquista do Estadual com o Novo Hamburgo na bagagem e com a convicção de que pode fazer história no Jaconi.

— Estou muito feliz de sair de uma de Série D, onde o novo Hamburgo estava, para vir para um clube de Série B, com totais chances de subir. Espero dar seguimento ao que fiz no campeonato Gaúcho e mostrar que não foi em vão que cheguei aqui — destacou Cavichioli.

Leia mais:

"Não sou saradinho, sou jogador de futebol", diz João Paulo na chegada ao Ju
Adão Júnior: a modesta volta do Juventude à Série B nacional
Juventude apresenta dupla de reforços vinda de Santa Catarina

O longo dia de finalização do acerto envolveu também uma inesperada proposta do Grêmio pelo jogador. O Juventude fez valer o pré-contrato com o atleta, assinado há 30 dias, e confirmou a vinda dele para o Alfredo Jaconi.

— Eu prezo muito por palavra, por respeito e por fazer as coisas certas. Não é só um contrato assinado. Fugiria completamente o que eu aprendi dos meus pais não cumprir o acordo — disse o goleiro.

Natural de Caçador (SC), o goleiro de 30 anos já atuou na Serra Gaúcha pelo Caxias, Brasil-Fa e Veranópolis. No Juventude, quer sonhar alto e mira o acesso:

— Temos que pensar alto no campeonato. Passo a passo, vamos trabalhando com muita garra para que possamos colher ótimos frutos. Agora posso chamar o Jaconi de minha casa. Então, espero que o torcedor compareça no nosso estádio e nos ajude do início ao fim — afirmou.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros