Felipe Lima e Lino serão reforços caseiros do Juventude para a disputa da Série B - Esportes - Pioneiro

Retomada12/04/2017 | 20h15Atualizada em 12/04/2017 | 20h15

Felipe Lima e Lino serão reforços caseiros do Juventude para a disputa da Série B

Meia se recupera de lesão e zagueiro não foi inscrito no Estadual

Felipe Lima e Lino serão reforços caseiros do Juventude para a disputa da Série B Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Felipe Lima (E) deve ter atuação mais efetiva na Série B Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A preparação visando à Série B do Brasileirão começou nesta quarta-feira no Estádio Alfredo Jaconi com 28 jogadores. Desses, um reforço que não foi inscrito no Gauchão e um que praticamente não atuou no Estadual: Lino e Felipe Lima, respectivamente.Em um prazo de duas semanas, de seis a oito reforços devem se apresentar no clube. E, daqui a um mês, o Juventude estreia em casa contra o Luverdense-MT. 

Até lá, Gilmar Dal Pozzo espera montar um time bem diferente daquele que disputou o Gauchão e perdeu três clássicos, ou seja, com bom nível de preparação física, qualidade técnica e sem lesões musculares para atrapalhar a escalação. De janeiro a abril, foram 14 casos de problemas musculares. Em quase todas as rodadas do Gauchão, pelo menos um atleta desfalcou o time por essa razão.

Aos 32 anos, o zagueiro canhoto Lino deve disputar posição com Ruan Renato na Série B nacional. Ele chegou ao Jaconi em 24 de março, mas como não estava em seu melhor condicionamento físico acabou não sendo inscrito na competição. No ano passado, Lino, que já passou pelo Caxias, foi destaque do Atlético-GO na campanha que culminou com o título da Segundona e o acesso à Série A.

Outro reforço interno neste início de preparação é o meia Felipe Lima. O jogador de 26 anos só conseguir disputar três partidas no Gauchão, as duas primeiras contra Brasil-Pel (0x0) e São Paulo-RG (1x1). Na terceira rodada da primeira fase, vitória de 1 a 0 sobre o Ypiranga no Jaconi, ele sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa direita, saiu aos 23 minutos do segundo tempo e não atuou mais. Recuperado, vai fazer uma espécie de intertemporada com o grupo, com atenção à preparação física.

– Montamos uma programação em conjunto e vamos fazer quatro semanas e meia de preparação. A prioridade neste início é a parte física. A partir da semana que vem, os trabalhos serão conjuntos, físico com bola. Temos que valorizar o aspecto bom de cada atleta e melhorar a deficiência. Vamos tentar equilibrar, tornar o grupo homogêneo na questão física. Dou ênfase para o trabalho de força – explica o preparador físico Anselmo Sbragia. 

Jogadores como o meia Wallacer e o atacante Taiberson, que tiveram lesões e ficaram vários jogos fora de combate, terão atenção especial para estarem melhor na Série B. 

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPolícia Civil de Caxias do Sul conclui que jovem foi morto em briga por cerveja https://t.co/5HlUoLtHTO #pioneirohá 26 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comSeis meses do Uber em Caxias: Motoristas reclamam de baixo lucro e falta de suporte https://t.co/zRVZAMZg7i #pioneirohá 55 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros