Caxias volta a vencer o Juventude por 1 a 0 e garante vaga na semifinal - Esportes - Pioneiro

Gauchão 201709/04/2017 | 12h54Atualizada em 09/04/2017 | 16h40

Caxias volta a vencer o Juventude por 1 a 0 e garante vaga na semifinal

Com gol de Gilmar, equipe grená conquista terceira vitória consecutiva em Ca-Ju na competição 

Caxias volta a vencer o Juventude por 1 a 0 e garante vaga na semifinal Felipe Nyland/Agencia RBS
Gilmar marcou mais um gol em Ca-Ju Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O Caxias está na semifinal do Gauchão. Mais uma vez, o time grená aproveitou as falhas e o descontrole emocional do Juventude, e foi efetivo na chance que teve na primeira etapa. Com isso, venceu o Ca-Ju 283 por 1 a 0, mesmo placar dos dois primeiros clássicos do Estadual. Gilmar, como no duelo da fase classificatória, marcou o gol de cabeça.  

Leia mais
Minuto a minuto: veja como foi a partida

Na semifinal, o time grená encara Inter ou Cruzeiro, que ainda se enfrentam na tarde deste domingo. No primeiro duelo, o time colorado venceu por 3 a 1, no Beira-Rio. Independentemente do adversário, é certo que o Caxias fará a segunda partida em casa.

Enquanto teve 11 jogadores em campo, o Juventude conseguiu evitar grandes ameaças do Caxias. Com uma linha de cinco na defesa, sendo três zagueiros, e mais dois volantes protegendo o meio-campo, o técnico Gilmar Dal Pozzo tentou algo novo e, em um primeiro momento, deu certo.

Com marcação forte sobre Elyeser e Wagner, fechou as principais saídas do Caxias, que pouco criou. O Juventude chegou em bolas paradas. Aos 10, em cobrança de falta frontal, Pará finalizou alto, longe do gol de Pitol. A primeira boa chance grená foi aos 13. Júlio César ganhou de Pará e depois recebeu de Gilmar para finalizar sobre o gol.

A partir dos 20, uma sequência de faltas mostrou o descontrole emocional do Juventude. Primeiro, foi Bruninho quem acertou Wagner por trás e levou amarelo. Aos 25, o lance que mudou o cenário da partida. Em jogada na ponta esquerda do ataque alviverde, Gian e Pará foram para a dividida e o lateral do Juventude deixou o braço no camisa 2 grená. Depois de muita confusão, Pará foi expulso e Pitol levou amarelo por reclamação. 

Logo na sequência, Lucas fez falta forte em Wagner e também foi advertido com o amarelo.

Com um a mais, o Caxias criou grande chance aos 31. Geninho cruzou da esquerda, Reis deixou a bola passar e Júlio César finalizou torto. Aos 37, no primeiro escanteio da equipe grená, Reis cobrou, Gilmar antecipou a zaga e, livre, cabeceou firme. Raul não segurou e a bola foi para a rede: 1 a 0.

A vantagem acumulada nos dois confrontos trouxe tranquilidade ao time grená, que passou a rodar a bola no campo de ataque sem sofrer qualquer ameaça. Sem força, o Juventude foi ao vestiário tentando encontrar alguma solução para marcar dois gols, algo que não havia feito no campeonato.

– Está complicado, mas não vamos desistir – afirmou o volante Fahel na saída para o intervalo.

– Fico feliz de marcar mais uma vez. Temos mais 45 minutos para voltar forte e garantir a classificação – destacou o centroavante Gilmar.

Na segunda etapa, o Juventude voltou com Vacaria na vaga de Bruninho e tentando explorar as bolas aéreas. O Caxias, quando chegou, foi incisivo.

Aos sete, Reis aproveitou rebote, ganhou de Wallacer e finalizou para defesa de Raul. No rebote, praticamente sem goleiro e na marcado pênalti, Elyeser mandou para fora.

Mesmo com inferioridade numérica, o Juventude Aos 13, Caprini arrancou em velocidade e finalizou nas mãos de Pitol. Três minutos depois, Lucas roubou de Reis na intermediária, mas finalizou longe do gol.

Gilmar Dal Pozzo colocou Murilo Costa na vaga de Wallacer. Winck respondeu com Marlon no lugar de Reis. Aos 28, após cobrança de falta de Lucas, a bola ficou pipocando na área e sobrou para Ruan finalizar rasteiro. O chute parou nas mãos de Pitol, que fez uma defesaça. No rebote, Jean mandou para escanteio.

Aos 30, Jean fez falta forte em Caprini e levou o vermelho direto, igualando o número de atletas em cada time. O lance fez o Juventude acreditar. Aos 33, após falta cobrada na área, Pitol não conseguiu afastar e Murilo Costa chutou de pé esquerdo. A bola bateu na defesa e saiu. 

Aos 34, Vacaria e Murilo Costa ganharam da defesa na esquerda do ataque e o volante finalizou no cantinho. Pitol defendeu. O jogo ficou aberto e, aos 37, Elyeser tentou da entrada da área. O chute saiu alto.

Aos 43, Wanderson cruzou da direita e Murilo Costa cabeceou na mão de Pitol. Nos minutos finais, o Juventude tentou pressionar, mas faltou força ofensiva. O Caxias está na semifinal do Gauchão. Para o Juventude, resta pensar na Série B do Brasileiro.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCom a classificação do Novo Hamburgo à final, Caxias é o campeão do Interior https://t.co/KNaZjyVIkr #pioneirohá 3 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCaxias do Sul gera 149 vagas de trabalho em março https://t.co/75miEkWFRi #pioneirohá 5 horas Retweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros