Procurador do TJD-RS vai denunciar nesta terça-feira o meia Wagner e os dois clubes pelos fatos depois do Ca-Ju 281 - Esportes - Pioneiro

Gauchão 201720/03/2017 | 20h51Atualizada em 20/03/2017 | 20h51

Procurador do TJD-RS vai denunciar nesta terça-feira o meia Wagner e os dois clubes pelos fatos depois do Ca-Ju 281

Alberto Franco disse que vai fazer a denúncia do jogador do Caxias no artigo 258-A

Procurador do TJD-RS vai denunciar nesta terça-feira o meia Wagner e os dois clubes pelos fatos depois do Ca-Ju 281 Reprodução/RBS TV
Wagner cravou a bandeira do Caxias no meio do gramado do Jaconi Foto: Reprodução / RBS TV
Pioneiro
Pioneiro

Mesmo depois da vitória do time grená por 1 a 0 e da confusão generalizada na saída das delegações do Estádio Alfredo Jaconi, no último sábado, o Ca-Ju 281 ainda não terminou. O procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS), Alberto Franco, vai denunciar nesta terça-feira os fatos ocorridos após o final do duelo caxiense pela oitava rodada do Gauchão. Caxias, Juventude e o meia Wagner serão denunciados.

— Vou dar uma olhada nas imagens de TV e tentar identificar as pessoas envolvidas na confusão para tipificar a conduta de cada uma, mas se não for possível vão ser denunciados os clubes pelo artigo 257, parágrafo terceiro. Já o Wagner vai ser denunciado no artigo 258-A — afirma o procurador.

De acordo com o artigo 257, Caxias e Juventude podem ser punidos apenas por multa de até R$ 20 mil. Caso algum atleta seja identificado, pode pegar suspensão mínima de seis partidas. No caso do artigo 258-A, o meia Wagner pode ser suspenso de dois a seis jogos por ¿provocar o público durante a partida, com prova ou equivalente.¿ Fotos e imagens mostram o jogador cravando uma bandeira do Caxias no meio do gramado do Jaconi, fato que gerou revolta entre os torcedores e jogadores papos.

Súmula sem citações

Também ontem foi divulgada a súmula do clássico Ca-Ju entregue pelo árbitro Francisco Silva Neto. Como ele deixou o campo assim que apitou o final do jogo, não viu a cena de Wagner com a bandeira. Além disso, Francisco Neto foi embora do estádio antes da delegação do Caxias e não viu a confusão envolvendo torcedores do Juventude, jogadores dos dois times, seguranças e Brigada Militar.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFimma Brasil movimenta o setor moveleiro na próxima semana em Bento Gonçalves https://t.co/o59edzjB5F #pioneirohá 27 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comMédicos serão recebidos pelo prefeito de Caxias para discutir reajuste salarial https://t.co/aNzCZodaSX #pioneirohá 52 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros