Para técnico do Caxias, primeiro objetivo está quase concluído - Esportes - Pioneiro

Gauchão 201701/03/2017 | 22h44Atualizada em 01/03/2017 | 22h44

Para técnico do Caxias, primeiro objetivo está quase concluído

Luiz Carlos Winck pensa primeiro em evitar novo descendo e depois na classificação aos mata-matas

Para técnico do Caxias, primeiro objetivo está quase concluído Felipe Nyland/Agencia RBS
Técnico Luiz Carlos Winck projeta um passo de cada vez Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O primeiro objetivo do Caxias no seu retorno à elite do futebol gaúcho era bem claro: evitar um novo descenso. E para o técnico Luiz Carlos Winck esta meta já está bem próxima. Mesmo que as atuações do time nas primeiras cinco rodadas empolguem e façam crer apenas em uma classificação, até com tranquilidade, o treinador pensa em um objetivo de cada vez.

— Estamos a uma vitória de livrar do rebaixamento. Com quatro vitórias e 13 pontos estaremos livres. Ao mesmo tempo, tem que seguir o campeonato. É pontuar. Temos seis rodadas pela frente e se pontuarmos em todas, temos possibilidade de nos mantermos no topo da tabela de classificação — acredita o treinador.

Nas próximas duas rodadas, a equipe jogará em casa, contra o Cruzeiro, no próximo domingo, e depois diante do Veranópolis. Caso conquiste seis pontos, estará virtualmente classificado aos mata-matas. Ainda assim, evita-se no Centenário projetar a sequência no campeonato.

— Continuamos projetando jogo a jogo. Pensamos no Cruzeiro, que é uma equipe de muita movimentação na frente e um modelo diferente, joga em losango. Vai ser um jogo de paciência, complicado como foi contra o São Paulo. Vamos tentar buscar a vitória — ressalta Luiz Carlos Winck.

E para enfrentar o time do Cruzeiro, a tendência é a manutenção da equipe titular que venceu o São José-PoA. O centroavante Gilmar ainda aprimora a parte física. Assim, Jajá deve seguir com a camisa 9.


 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros