Guerrinha: "Resultado ficou de bom tamanho" - Esportes - Pioneiro

Coluna do Guerra06/03/2017 | 08h00Atualizada em 06/03/2017 | 08h00

Guerrinha: "Resultado ficou de bom tamanho"

Guerrinha: "Resultado ficou de bom tamanho" André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS

Num Gre-Nal que começou nervoso, com muita transpiração e pouca inspiração, o Grêmio foi melhor no primeiro tempo, saiu na frente, levou dois gols no início da etapa final e buscou a igualdade.

Pelo que se viu, um resultado justo, que deixou o Tricolor animado para a estreia na Libertadores e mostrou que o Colorado, aos poucos, vai começando a ficar com cara de time.

ESTRANGEIROS — Deu gosto de ver. Pelo lado gremista, o equatoriano Bolaños, mais uma vez, mostrou serviço, com movimentação no campo inteiro, um gol bonito e que serviu para provar que pode dar conta do recado.

Dos colorados, quem mais chamou a atenção foi o uruguaio Nico López, que também apareceu em vários lugares, participou dos dois gols e bateu o ponto para virar titular.

MELHORES — Trabalharam muito bem. Desta vez, os técnicos Renato Portaluppi e Antônio Carlos Zago merecem as notas mais altas. Eles baixaram a biblioteca na hora da dificuldade, colocaram em campo jogadores que mudaram o rumo da partida. Ambos estiveram perfeitos no batente.

FESTA — Nem a chuva atrapalhou. Como já se esperava, o público apareceu em muito bom número na Arena e fez uma festa de acordo com o clássico: bonita e sem incidentes.

Agora, vida que segue para azuis e vermelhos, que saíram do estádio com o dever cumprido.

Perguntinha
O Grêmio está pronto para a Libertadores?

Leia outras colunas do Guerrinha

*Diário Gaúcho


 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros