À espera de chance no Juventude após lesão, Wallacer quer continuar invicto em Ca-Ju  - Esportes - Pioneiro

Gauchão 201715/03/2017 | 06h05Atualizada em 15/03/2017 | 06h05

À espera de chance no Juventude após lesão, Wallacer quer continuar invicto em Ca-Ju 

Meia de 30 anos não joga desde 29 de janeiro, mas voltou a treinar normalmente nesta semana

À espera de chance no Juventude após lesão, Wallacer quer continuar invicto em Ca-Ju  Felipe Nyland/Agencia RBS
Wallacer é observado de perto por Gilmar Dal Pozzo Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Se tem um cara que está em plena atividade nos times atuais da dupla Ca-Ju e que nunca perdeu um clássico na cidade, esse cara é Wallacer. Aos 30 anos, o meia do Juventude tem histórias para contar, mas prefere não lembrar de todas. Guarda na memória apenas os três disputados com a camisa alviverde, todos em 2015 (um pelo Gauchão e dois pela Série C). Os outros quatro, com a camisa grená, não adianta nem perguntar.

— Acho que disputei uns sete ou oito Ca-Jus e nunca perdi. Minha melhor recordação é a vitória de 1 a 0 do Juventude em 2015, porque participei do gol de cabeça do Itaqui — desconversou malandramente o meia, que marcou dois gols pelo Caxias na vitória de 2 a 1 em 2014, em 26 de fevereiro, no Centenário.

Foram sete Ca-Jus até agora, com duas vitórias (uma com cada camisa) e cinco empates. O oitavo clássico será no sábado, no Jaconi, onde ele já venceu em 2015. Mas Wallacer nem sabe ainda se vai atuar ou não.

— Por esse jogo que fizeram no domingo contra o Inter, vai ser um pouquinho difícil eu entrar na equipe como titular. Mas o Gilmar Dal Pozzo sabe das minhas características, então tenho que ter calma e esperar. Ninguém tem vaga cativa aqui no Juventude. Vou treinar forte e esperar a oportunidade, e tomara que ela venha nesse clássico de sábado. E que eu continue invicto — disse W10 e W11, conforme a camisa que ele vem jogando desde 2015 pelo Ju, ou W8, quando fez sucesso no Caxias de 2013 a 2104.

Experiente no duelo caxiense, Wallacer volta de lesão e não joga desde a primeira rodada.

— Clássico é um campeonato à parte. Nós aqui e eles lá, todos vão falar só nisso até sábado. Vamos dar a vida aqui também, pode ter certeza. É uma semana de foco e concentração, e temos que treinar mais do que na semana passada.

Para o currículo do meia em clássicos Ca-Jus, falta uma coisinha para deixar tudo legal: um gol pelo Juventude. Aí, com certeza, a memória dele vai voltar a funcionar 100%.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPrêmio de R$ 90 milhões da Mega-Sena movimenta lotéricas de Caxias https://t.co/19gw0lFDH0 #pioneirohá 1 horaRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEscultura de cão policial em tamanho real será instalada em Caxias do Sul https://t.co/3Ot4jBtOVQ #pioneirohá 1 horaRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros