Para Rafael Stabile, união dos jogadores foi determinante na vitória do Caxias Basquete - Esportes - Pioneiro

Na hora certa23/02/2017 | 23h55Atualizada em 24/02/2017 | 00h13

Para Rafael Stabile, união dos jogadores foi determinante na vitória do Caxias Basquete

Com uma cesta de três pontos, o ala foi o responsável por empatar a partida e encaminhar a virada histórica sobre o Bauru

Para Rafael Stabile, união dos jogadores foi determinante na vitória do Caxias Basquete Felipe Nyland/Agencia RBS
Rafael Stabile (com a bola) foi um dos destaques caxienses com 15 pontos no jogo Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

A vitória do Caxias do Sul Basquete/Banrisul sobre o Bauru, por 76 a 74 pelo NBB 9, foi na hora certa. Isso porque, o Macaé-RJ também venceu a Liga Sorocabana-SP, por 77 a 73 na noite desta quinta-feira. Assim, o resultado deixa Caxias Basquete, Macaé e Liga Sorocabana iguais na briga contra o rebaixamento. Todos com quatro triunfos.

Em virada histórica, Caxias Basquete vence o Bauru nos últimos segundos

A união do grupo de jogadores é tido como o fator primordial para conseguir a virada histórica nesta quinta. A equipe vinha desgastada fisicamente, após as três prorrogações na derrota para Franca, terça-feira, e conseguiu buscar uma vantagem de 16 pontos do Bauru. Superação do início ao fim.

- Apesar do começo atípico da nossa equipe. Deixamos o Bauru aproveitar os nossos erros e não suprimos no primeiro tempo. Mas a união do time e a conversa no intervalo foi determinante para este resultado - destaca o ala/pivô Rafael Stabile.

Ele foi um dos responsáveis por esta virada. Além de reforçar a marcação sobre o ala Alex, do Bauru - cestinha do jogo com 18 pontos -, foi com uma cesta de três pontos de Stabile que os caxienses empataram a partida. Naquele momento, os paulistas ficaram perdidos e deu confiança aos gaúchos para virarem o placar. 

- Fico feliz pela bola de três pontos e a enterrada de costas. Deu moral para equipe. Isso nos deixou confiantes e com mais força para ir para cima do Bauru e não deixar eles ganharem na nossa casa - acredita o ala.

Agora, há uma pausa nos jogos. Cerca de duas semanas antes de uma grande final na luta contra a degola. Caxias Basquete e Macaé se enfrentam no dia 11 de março, no Rio de Janeiro. Partida que poderá tirar a equipe caxiense desta briga.

- Vamos seguir treinando para manter os bons jogos que estamos fazendo. Para nós é uma final contra o Macaé. Literalmente, uma final. Porque ganhamos o primeiro jogo aqui e temos que buscar o resultado positivo no Rio de Janeiro, para sair dessa briga contra o rebaixamento - afirma Stabile.

Na superação e mostrando que pode jogar no mesmo nível dos líderes no NBB 9, o Caxias Basquete chega confiante para dar adeus nesta luta contra o rebaixamento.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEmpresário da Serra tenta diálogo com o Papa para alterar encíclia que recomenda evitar o plástico https://t.co/VF6VB5WLlc #pioneirohá 5 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCartório eleitoral de Caxias do Sul estará fechado nesta sexta-feira https://t.co/0ZlFiI8Al7 #pioneirohá 5 horas Retweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros