Caxias Basquete tenta engrenar na competição contra o Pinheiros, nesta quarta - Esportes - Pioneiro

NBB 910/01/2017 | 20h40Atualizada em 10/01/2017 | 20h49

Caxias Basquete tenta engrenar na competição contra o Pinheiros, nesta quarta

Equipe caxiense tem duas vitórias e faz seu último jogo pelo primeiro turno

Caxias Basquete tenta engrenar na competição contra o Pinheiros, nesta quarta Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Pivô Marcão ressalta que time voltou a ser aguerrido na competição Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

O Caxias do Sul Basquete/Banrisul tem um desafio extra além de enfrentar o Pinheiros, nesta quarta-feira, às 20h, no Ginásio Vascão, no último jogo pelo primeiro turno do NBB 9. A equipe quer, também, manter o espírito de luta da primeira partida de 2017, que garantiu a segunda vitória na competição nacional. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada).

O adversário é mais forte do que o Vasco, time que os caxienses derrotaram no último sábado. O Pinheiros está em quarto lugar e briga pela classificação direta às quartas de final. No entanto, Rodrigo Barbosa tem outra visão: o maior adversário do time é o próprio Caxias.

— O foco tem sido no nosso desafio. O que nós podemos fazer? Nós conseguiremos repetir a atuação que tivemos contra o Vasco? A meta é essa, repetir e melhorar aquilo que podemos produzir — afirma o técnico.

A segunda vitória no NBB aliviou o ambiente no Vascão. Até porque, o resultado mantém a equipe com chances de escapar do rebaixamento à Liga Ouro. Além disso, se viu um Caxias Basquete diferente em quadra, com postura mais agressiva e conseguindo manter a intensidade em todos os períodos. Esse espírito aguerrido, característica da equipe na temporada passada do NBB, parece estar, enfim, despertando em 2017.

— Faltava regatar essa característica. Agora, todos se conscientizaram do papel que precisa ser feito e devemos levar isso adiante — destaca o pivô Marcão.

Do outro lado terá um time forte. O pinheiros conta com os norte-americanos Bennet (ala/armador) e Holloway (ala). Eles possuem números interessantes: Bennet tem média de 15,25 pontos por jogo e Holloway, 20. Toda a atenção será fundamental para tentar neutralizá-los.

— Os dois centralizam muito e assumem bem a parte ofensiva. Teremos que ter essa atenção para ficarmos dentro do jogo e, na hora certa, tentar vencer — afirma Rodrigo Barbosa.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPolícia Civil caça foragido que é suspeito de dois latrocínios em Caxias do Sul https://t.co/PEW8zNQh28 #pioneirohá 2 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEscritor italiano veio a Caxias lançar romance "A Viagem de Anna Rech" https://t.co/zIZZa81ZCl #pioneirohá 31 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros