Pedro Ernesto: "Obrigado, Colômbia" - Esportes - Pioneiro

Coluna do Pedro02/12/2016 | 07h35Atualizada em 02/12/2016 | 07h36

Pedro Ernesto: "Obrigado, Colômbia"

Pedro Ernesto Denardin
Pedro Ernesto Denardin

pedro.ernesto@diariogaucho.com.br

 

Foto: Nelson Almeida / AFP

Impressiona o carinho dos colombianos diante da tragédia com a Chapecoense. Desde os primeiros minutos, ainda no resgaste de vítimas, soldados garantiam o atendimento dos poucos que restaram com vida, mesmo com mau tempo e a dificuldade de acesso. Nos hospitais, um tratamento profissional e carinhoso. Nas ruas de toda a Colômbia, o choro e a tristeza de uma grande população.

Para culminar, o Estádio Atanasio Girardot lotou com torcedores vestindo branco e com velas acesas. Fora do estádio, outra grande multidão concentrada no horário que deveria acontecer a partida.

Nós, brasileiros, temos que dizer muito obrigado esse povo. Nunca vi tamanha solidariedade. Uma grande lição de humanidade para todos nós.

É campeão
Atendendo solicitação do próprio Atlético Nacional, a Conmebol deve declarar a Chapecoense campeã da Sul-Americana. Nada mais justo. Como não há chance de realização das finais, o mais coerente seria dar o troféu para a Chape. Difícil será montar um time para tanta coisa importante em 2017. Tem que ver jogadores, comissão técnica e superar o trauma gigantesco.

Final de semana
Não teremos jogos neste final de semana. O único espetáculo que nos será mostrado pela TV, rádios, jornais e internet tem a ver com a tristeza de um velório coletivo no gramado da Arena Condá. É um duro golpe que a vida nos dá. Mas é a triste realidade. Vamos chorar juntos. 

Leia outras colunas do Pedro Ernesto Denardin


 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros