Segurança da Chapecoense, Adriano Bitencourt trabalhou na dupla Ca-Ju  - Esportes - Pioneiro

#ForçaChape29/11/2016 | 14h42Atualizada em 29/11/2016 | 15h00

Segurança da Chapecoense, Adriano Bitencourt trabalhou na dupla Ca-Ju 

Por quase 10 anos, Bafão atuou como segurança e na logística de Caxias e Juventude

Segurança da Chapecoense, Adriano Bitencourt trabalhou na dupla Ca-Ju  Ver Descrição/Ver Descrição
Foto: Ver Descrição / Ver Descrição
Pioneiro
Pioneiro

Gaúcho de Porto Alegre, Adriano Bitencourt era um personagem dos bastidores do futebol. Apelidado de Bafão, trabalhou por muitos anos como segurança e na logística de Caxias (2008 a 2013) e Juventude (2002 a 2004 e 2006 e 2007), função a qual sempre teve dedicação absoluta. Bitencourt está entre as 71 vítimas do acidente com o avião que levada a Chapecoense para a Colômbia.

Leia mais
"Quero ver meu filho", diz pai de goleiro que sobreviveu ao acidente na Colômbia
Técnico da Chapecoense, Caio Junior passou pelo time B do Juventude em 2004
"Não caiu a ficha", afirma noiva do jogador Alan Ruschel, sobrevivente da tragédia na Colômbia
Vítima da tragédia na Colômbia, lateral-esquerdo Dener defendeu Caxias e Veranópolis
Kempes, uma das vítimas da tragédia da Chapecoense, jogou no Caxias 

Em Santa Catarina, antes de chegar à Chapecoense, em 2014, havia trabalhado no Criciúma e tinha muitos amigos no meio esportivo, entre atletas, comissões técnicas e dirigentes. Pai de cinco filhos, Adriano tinha 45 anos 

 

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEncontro de fuscas em Caxias, neste domingo, deve reunir 500 exemplares https://t.co/echSI8VhVX #pioneirohá 6 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comColisão frontal resulta em duas mortes na ERS-324, entre Nova Araçá e Paraí https://t.co/uZ47daoAV3 #pioneirohá 7 horas Retweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros