Pedro Ernesto: "Nada pode ser pior" - Esportes - Pioneiro

Coluna do Pedro30/11/2016 | 07h42Atualizada em 30/11/2016 | 07h42

Pedro Ernesto: "Nada pode ser pior"

Pedro Ernesto: "Nada pode ser pior" Cristiano Estrela/Agencia RBS
Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
Pedro Ernesto Denardin
Pedro Ernesto Denardin

pedro.ernesto@diariogaucho.com.br

Dezenas de jovens jogadores, jornalistas, dirigentes, quase todos mortos no desastre trágico de Medellin. Vidas ceifadas pela tragédia. Tudo a lamentar. Nada poderia ser pior. Meninos, profissionais da bola, de um clube de uma pequena cidade do interior catarinense que, com muito esforço e capacidade, chegaram de forma brilhante à final da Copa Sul Americana.

Dirigentes que deram a este clube uma estrutura profissional, competente, reconhecida em todo Brasil como uma direção competente. Jornalistas que entraram neste voo charter para fazer a cobertura do grande evento. E o avião se espatifou no solo. Junto com suas ferragens retorcidas, lá se foram vidas, sonhos. Ficaram as lágrimas dos familiares, dos torcedores. O mundo do futebol sentiu muito esta tragédia.

Transferências
A CBF transferiu a final da Copa do Brasil para a próxima quarta-feira. A rodada do Campeonato Brasileiro ficou para o dia 11. Não havia clima. Imagine hoje um jogo de final de Copa do Brasil. Quem faria a festa dentro do clima de consternação que envolve a todos nós? Muitos amigos nossos que se foram. É melhor parar tudo. O mundo inteiro presta homenagens.

Futuro
Apesar da grande solidariedade, o futuro da Chapecoense será muito complicado. Não se monta um time de futebol da noite para o dia. Existe todo um processo com um ritual que precisa ser vencido. Não será nada fácil. A Chape perdeu todos seus jogadores. Onde encontrar um time novo?

Leia outras colunas do Pedro Ernesto Denardin


 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com3por4: Calendário Pirelli tem fotos de estrelas sem photoshop https://t.co/8y4SdNURHc #pioneirohá 27 segundosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comRescisões de trabalhadores da Guerra SA, em Caxias, serão anuladas https://t.co/tTEsHxOTSY #pioneirohá 5 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros