Em jogo dramático, Caxias Basquete perde para o Vitória por 70 a 69 e segue sem vencer na competição - Esportes - Pioneiro

NBB 922/11/2016 | 22h06Atualizada em 22/11/2016 | 22h06

Em jogo dramático, Caxias Basquete perde para o Vitória por 70 a 69 e segue sem vencer na competição

Equipe caxiense reclamou da arbitragem, que ignorou falta nos segundos finais

Em jogo dramático, Caxias Basquete perde para o Vitória por 70 a 69 e segue sem vencer na competição Porthus Junior/Agencia RBS
Vinícius (C) teve boa atuação, mas não conseguiu  Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Caxias do Sul Basquete/Banrisul segue sem vencer no NBB 9. Na noite desta terça-feira, a equipe caxiense voltou a ter altos e baixos, e apesar da atuação vibrante no segundo tempo perdeu para o Vitória/Universo por 70 a 69, no Ginásio Vascão. 

A equipe caxiense reclamou muito da arbitragem, que ignorou uma falta em Vinícius no último lance do jogo. O cestinha da partida foi Arthur, que anotou 22 pontos. Vinícius contribuiu com 17. O norte-americano Dawkins foi o destaque do Vitória com 17.

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Na próxima quinta-feira, a equipe encerra a sequência de jogos em casa contra o Basquete Cearense, às 20h05min.

Sem conseguir marcar pontos nos três primeiros minutos, o Caxias Basquete demorou a entrar na partida. O Vitória aproveitou e abriu 12 a 1. Após o pedido de tempo do técnico Rodrigo Barbosa, o cenário mudou e com uma defesa mais eficiente o time da casa voltou para o jogo com duas cestas seguidas de três pontos. Na reta final do quarto, os dois times foram pouco eficientes e o placar ficou em 16 a 14 para os baianos.

No segundo período, a história se repetiu. Quatro minutos sem pontuar e o Vitória abrindo vantagem superior a 10 pontos. De novo, o Caxias Basquete reencontrou o melhor ritmo e equilibrou as ações, com participações importantes de Vinícius, Arthur e Rech. Mesmo assim, o ataque das duas equipes seguiu com baixo aproveitamento, os visitantes levaram a melhor na parcial e foram para o intervalo vencendo por 30 a 24.

A volta do vestiário teve um Caxias com melhor transição ofensiva e firme na defesa. Mesmo com algumas oscilações, a equipe de Rodrigo Barbosa marcou em 10 minutos mais pontos do que somados os dois primeiros quartos. Apesar da parcial de 25 a 20 a favor, o time da casa foi para os minutos finais atrás do placar: 50 a 49.

No último quarto, o jogo ficou nervoso. Referência do garrafão caxiense, Marcão saiu do confronto com cinco faltas. No lance seguinte, uma roubada de Douglinhas, que completou com uma enterrada, levou a torcida ao delírio: 54 a 51 Caxias. Só que o jogo estava longe de estar definido.

As duas equipes se alternaram na dianteira do placar e quando restavam dois minutos o Caxias vencia por um ponto: 64 a 63. Em dois bons ataques, o time da casa ampliou a vantagem, mas os baianos responderam à altura. Quando restavam pouco menos de 30 segundos, o Caxias errou a jogada ofensiva e o Vitória aproveitou o contra-ataque para ficar um ponto à frente: 70 a 69. 

Com três segundos no cronômetro, Vinícius errou o arremesso, mas reclamou muito de falta. A arbitragem ignorou e o Vitória saiu com os dois pontos.


 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comVice eleito de Caxias já fala em demitir secretários, se assumir prefeitura interinamente https://t.co/fEJgaobqTW #pioneirohá 1 minutoRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comIndústria de Caxias deve ter o pior faturamento da história recente em 2016 https://t.co/zyuvhAKPo2 #pioneirohá 21 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros