Caxias do Sul Basquete reage no final, mas não consegue a virada e perde para o Mogi no Ginásio Vascão - Esportes - Pioneiro

NBB 917/11/2016 | 22h13Atualizada em 17/11/2016 | 22h26

Caxias do Sul Basquete reage no final, mas não consegue a virada e perde para o Mogi no Ginásio Vascão

Time caxiense marcou 48 pontos no segundo tempo, mas faltou tranquilidade no finalzinho

Caxias do Sul Basquete reage no final, mas não consegue a virada e perde para o Mogi no Ginásio Vascão Felipe Nyland/Agencia RBS
Time do pivô Marcão cresceu de produção depois do intervalo Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O Caxias do Sul Basquete/Banrisul teve uma atuação espetacular no último quarto, chegou a equilibrar um jogo que parecia perdido, assustou o atual campeão paulista, mas não conseguiu superar o Mogi das Cruzes/Helbor e acabou derrotado por 87 a 80, na noite desta quinta-feira, no Ginásio Vascão. 

Finalista da Liga Sul-Americana, a equipe visitante fez a diferença com 15 arremessos de longa distância e venceu sua segunda partida no NBB 9.Por outro lado, a equipe do técnico Rodrigo Barbosa agora tem três derrotas em três jogos. O próximo desafio será neste sábado, às 17h,contra o Campo Mourão-PR, novamente no Vascão.

Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Arthur foi o cestinha do Caxias com 21 pontos, um a mais que o armador Vinícius. Jimmy foi o destaque do Mogi, também com 21 e um aproveitamento de 91% nos arremessos. 

No primeiro quarto, o time paulista começou impondo seu ritmo e com ótimo aproveitamento nos arremessos de três pontos. Com uma marcação eficiente, o Mogi soube forçar os erros ofensivos do Caxias Basquete, que teve dificuldades para infiltrar no garrafão e não esteve bem nos chutes longos. No placar, 24 a 14 para os visitantes.

Com uma postura mais agressiva nos minutos iniciais da segunda parcial, especialmente na defesa, o Caxias marcou seis pontos seguidos e reduziu a diferença para quatro. Porém, após um pedido de tempo do técnico Guerrinha, o Mogi voltou a mostrar maior tranquilidade e explorar a precipitação ofensiva dos caxienses. Abriu 14 de diferença. Na reta final do quarto, a diferença se manteve até Carioca acertar o chute quase do meio da quadra no estouro do cronômetro: 44 a 32 para o Mogi.

Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

No retorno do intervalo, com quatro arremessos seguidos de três pontos, o atual campeão paulista abriu frente. O Caxias tentou responder da mesma forma e, após uma série de erros, conseguiu três acertos consecutivos e voltou outra vez para o jogo. Apesar do equilíbrio no placar do quarto, o Mogi seguia na frente: 68 a 54.

Com uma cesta de três de Rafael Stabile, o Caxias Basquete voltou a chamar o torcedor no início da última parcial. Além disso, Arthur cresceu na partida e chamou a responsabilidade no ataque. O time caxiense chegou a reduzir a desvantagem para três pontos, mas faltou calma no ataque para conseguir a vitória.Apesar dos 26 a 19, no quarto, no placar final, 87 a 80 para o Mogi.

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEncontro de fuscas em Caxias, neste domingo, deve reunir 500 exemplares https://t.co/echSI8VhVX #pioneirohá 6 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comColisão frontal resulta em duas mortes na ERS-324, entre Nova Araçá e Paraí https://t.co/uZ47daoAV3 #pioneirohá 7 horas Retweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros