Atlético-MG sugere cancelamento de partida com a Chapecoense pela última rodada do Brasileirão - Esportes - Pioneiro

Sem jogo29/11/2016 | 17h31Atualizada em 29/11/2016 | 18h02

Atlético-MG sugere cancelamento de partida com a Chapecoense pela última rodada do Brasileirão

Clube mineiro entende que momento é de "verdadeiro respeito ao luto"

Atlético-MG sugere cancelamento de partida com a Chapecoense pela última rodada do Brasileirão Eduardo Matos/Rádio Gaúcha
Foto: Eduardo Matos / Rádio Gaúcha
ZH Esportes
ZH Esportes

Por conta do trágico acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, que matou 71 pessoas nesta madrugada, na Colômbia, o Atlético-MG emitiu nota na tarde desta terça-feira sugerindo que a CBF cancele a partida contra o clube catarinense, remarcada para 11 de dezembro, pela última rodada do Brasileirão.

"A prioridade neste momento é amparar os familiares dos envolvidos na tragédia", salienta o comunicado do Atlético-MG.

Leia mais
Pelé lamenta acidente com avião da Chapecoense: "É uma tragédia"
Avião que levava a Chapecoense não deveria ter feito a rota sem parar para abastecer, dizem especialistas 
CBF oferece transporte a familiares de vítimas da Chapecoense até Medellín



O avião que transportava a equipe da Chapecoense sofreu um acidente na Colômbia, por volta da 0h30min (horário de Brasília, 21h30min no horário local) desta terça-feira. De acordo com a prefeitura de La Ceja, cidade próxima ao local do acidente, pelo menos 71 pessoas morreram. 

Entre os resgatados com vida, o lateral Alan Ruschel foi um dos primeiros feridos a chegar no hospital San Juan de Dios em La Ceja. Já o goleiro Follmann, foi levado para o hospital San Vicente Fundacion, em Rionegro. Os tripulantes Ximena Suarez e Erwin Tumiri, além do narrador da Rádio Oeste de Chapecó Rafael Henzel também foram encontrados com vida. Horas depois, a polícia colombiana também localizou o zagueiro Neto com vida nos escombros.

Leia a nota do Atlético-MG:

Diante da tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense, membros da imprensa e demais integrantes do voo, o Clube Atlético Mineiro esclarece que:

1 – O que o futebol brasileiro necessita, neste momento, é de um verdadeiro respeito ao luto.

2 – Até por uma questão humanitária, é contra a realização do jogo Chapecoense x Atlético, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro, considerando incabível a sua realização diante dos acontecimentos. É importante, para isto, que haja deliberação da CBF e dos demais clubes da Série A.

3 – Apoia a união de clubes e federações no sentido de atenuar as consequências desportivas desta tragédia para a Chapecoense. Contudo, considera que as formas de auxílio devem ser discutidas em momento oportuno.

4 – Considera que a prioridade neste momento é amparar os familiares dos envolvidos na tragédia.

5 – Por fim, realça a importância da participação de todos os envolvidos no futebol brasileiro, na discussão de medidas que protejam, materialmente e de forma efetiva, os dependentes das vítimas de acidentes como esse, sejam atletas, membros da comissão técnica, profissionais da imprensa ou dirigentes, de modo a garantir cobertura securitária digna aos familiares.


ZHESPORTES

 
 

Siga @pioneiroonline no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comInstrumentista e compositor André Viegas irá lançar DVD nesta terça, em Caxias https://t.co/K1cyy8EXnn #pioneirohá 24 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEntenda os riscos causados pelo consumo de alimentos com excesso de agrotóxicos https://t.co/4vFhL9qvBE #pioneirohá 53 minutosRetweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros