Torcida do Ju invade as ruas de Caxias do Sul para comemorar acesso  - Esportes - Pioneiro

Juventude na Série B09/10/2016 | 23h19Atualizada em 10/10/2016 | 07h22

Torcida do Ju invade as ruas de Caxias do Sul para comemorar acesso 

Milhares de pessoas se reuniram em bar e festejaram conquista na Praça Dante Alighieri 

Torcida do Ju invade as ruas de Caxias do Sul para comemorar acesso  Jonas Ramos/Agencia RBS
Após o apito final, torcida do Ju invadiu a Praça Dante Alighieri para comemorar conquista Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

Teve emoção. Teve choro. Teve alegria. Teve incentivo ao Juventude. Teve xingamento ao árbitro. Teve todos os ingredientes de um jogo decisivo na frente do Bar Jaconero onde mais de 500 torcedores do Ju acompanharam a partida contra o Fortaleza na noite de ontem.

Adilma Bráz, 38 anos, assistiu todo o segundo tempo sentada na bandeira do Juventude. De joelhos, ela torcia e expressava reações de alegria e alívio a cada lance da partida. A administradora que é natural da Paraíba veio morar em Caxias do Sul no ano que o Juventude venceu a Copa do Brasil em 1999 e se tornou torcedora do alviverde.

Apreensão tomou conta de torcedores que acompanharam o confonto em bares da cidade Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

– Não tenho como descrever meu sentimento. Estou muito emocionada.A professora Letícia Isoton, 28, acompanhou a partida na frente de um telão colocado na frente do bar.

Gol marcado por Hugo no início do segundo tempo fez a torcida alviverde explodir de alegria  Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

Bastante tensa, Letícia, que é uma das organizadoras da torcida Jaconera Esmeraldinas acertou o placar de 1 a 1.

– Sou torcedora desde muito pequena por incentivo do meu pai, que sempre me levou no estádio.

Mais otimista, a fonoaudióloga Monissa Sandi Gross, 31, tinha um palpite de 2 a 1.

– Foi um jogo tenso, mas o Juventude jogou melhor.

Ao final do jogo, o aposentado Gilbert Mattana, 79, estava muito emocionado com a conquista e a classificação à Série B.

– Não tenho palavras para descrever esse momento. Eu trabalhei aqui dentro – apontando para o Estádio Alfredo Jaconi. Estou emocionado demais.

Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS


 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros