Guerrinha: "Desvantagem colorada" - Esportes - Pioneiro

Coluna do Guerra19/10/2016 | 08h12Atualizada em 19/10/2016 | 08h12

Guerrinha: "Desvantagem colorada"

Guerrinha: "Desvantagem colorada" Camila Domingues/Especial
Foto: Camila Domingues / Especial

Sem alguns desgastados titulares, o Inter decide a sua vida na Copa do Brasil, hoje à noite, dentro do Beira-Rio, contra o Santos.

Em desvantagem pela derrota de 2 a 1, na Vila Belmiro, só restam duas saídas aos escolhidos do técnico Celso Roth: vitória e sem sofrer gol.

Tarefa bem complicada, mas longe de ser impossível para quem joga em casa e terá o ambiente, de novo, a seu favor.

Livre – No Rio, o São Paulo largou atrás, mas arrumou a casa no intervalo e virou em cima do Fluminense. O time paulista chegou aos 39 pontos e empurrou para longe a chance de terminar o Brasileirão no Z-4. Missão cumprida, mas pouco para quem investe muito e que deixou o seu povo com o coração na mão por muito tempo.

Leia outras colunas do Guerrinha

Vantagem – Logo mais, longe da Arena, o Grêmio, em vantagem pela vitória de 2 a 1, na sua casa, volta a enfrentar o Palmeiras, que mostra claramente que está focado mesmo é no Brasileirão.

Agora, com força sua máxima, o Tricolor tem a chance de jogar por dois resultados: vitória ou qualquer empate. E Isso não é pouco para quem está com o moral nas nuvens e parece que aprendeu a jogar sem a maioria do seu povo.

Virada – Se quiser seguir na Copa do Brasil, o Juventude precisará ser heroico, logo mais, no Alfredo Jaconi, quando faz o jogo de volta contra o Atlético-MG. Para passar, tem a obrigação de vencer por dois gols de diferença.

Perguntinha
Quando o Seijas jogará o que sabe?

*Diário Gaúcho

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros