Em fase fantástica, atacante Roberson foi o grande destaque do Juventude na campanha do acesso - Esportes - Pioneiro

Camisa 1010/10/2016 | 08h11Atualizada em 11/10/2016 | 01h30

Em fase fantástica, atacante Roberson foi o grande destaque do Juventude na campanha do acesso

Aos 27 anos, o jogador é elogiado por Antônio Carlos Zago e chama a atenção do São Paulo


Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Direto de Fortaleza (enviados especiais)

Ele pegou a bola pela direita, deu um balãozinho no defensor, entrou em velocidade e bateu com toquinho por cima do goleiro Ricardo Berna. Era para matar o jogo no segundo tempo, para fazer 2 a 1 e mandar a torcida do Fortaleza embora do estádio, mas a bola caprichosamente foi para a fora. Se entrasse, a torcida do rival Ceará iria propor uma placa na Arena Castelão.

— Tentei colocar por cima, não dava para bater firme porque estava com dores na perna, cheguei nessa final um pouco descontado. Seria um belo gol mesmo, mas o importante é que conquistamos o acesso — disse Roberson ao final do jogo, extenuado e molhado de suor.

Aos 27 anos, Roberson está em seu melhor momento da carreira. É observado por pelos menos dois grandes clubes brasileiros, entre eles o São Paulo. Além de ser ídolo da Papada, craque do time, capitão e um cara adorado por todos no grupo, conquistou o chefe para sempre.

— Eu não conhecia o Roberson antes de vir para o Juventude. Não tem como negar, é o nosso diferencial técnico. Foi um jogador muito importante nesse ano do Juventude, mas volto a dizer que todos estão de parabéns. Formamos um grande grupo de jogadores e de trabalho — elogiou o técnico Antônio Carlos.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros