Caxias encara a Apafut nesta segunda-feira em Flores da Cunha pela semifinal da Copa Larry Pinto de Faria - Esportes - Pioneiro

Copinha17/10/2016 | 06h10Atualizada em 17/10/2016 | 13h17

Caxias encara a Apafut nesta segunda-feira em Flores da Cunha pela semifinal da Copa Larry Pinto de Faria

Time do técnico Luiz Carlos Winck começa a buscar vaga na final da competição regional

Caxias encara a Apafut nesta segunda-feira em Flores da Cunha pela semifinal da Copa Larry Pinto de Faria Roni Rigon/Agencia RBS
Atacante Nicolas deve jogar só a volta, mas zagueiro Alex Moraes (C) está confirmado Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O Caxias entra na semifinal da Copa Larry Pinto de Faria para confirmar seu favoritismo diante da Apafut. Ao menos, este é o pensamento no Estádio Centenário. A equipe grená já está de olho nas finais. No entanto, será preciso buscar um bom resultado já na partida de ida, às 20h desta segunda-feira, no Estádio Homero Soldatelli, em Flores da Cunha.

— Teremos que ter atitude, independentemente se for lá ou aqui no nosso estádio. Precisamos pensar em passar pela Apafut e no próximo adversário que virá pela frente. Com todo respeito que temos pela Apafut, mas nós temos que pensar como Caxias e estar na final — afirma o técnico Luiz Carlos Winck.

Ao seu favor, o time grená entra nesta fase sem o peso de não conseguir vencer longe do Centenário. Na primeira fase, foram cinco jogos, uma derrota, três empates e apenas uma vitória, justamente na última rodada, quando goleou o PRS por 3 a 0. Vitória que deu a confiança que faltava aos jogadores.

— Existia uma cobrança de o Caxias não conseguir resultados fora e casa e isso estava incomodando. Dentro da competição, o Caxias é forte candidato ao título e foi bom para tirar a ansiedade. Muitas vezes o resultado não vem por causa desta ansiedade em buscar a vitória — relata o zagueiro Alex Moraes.

Agora, a competição muda. Virá o mata-mata. E o Caxias precisará mudar seu retrospecto neste formato. No único disputado em 2016, o time foi derrotado pelo Inter de Lages na segunda fase da Série D. Por isso, atenção total neste momento.

— Mata-mata é um campeonato à parte. Não se tem margem para erros. Tivemos tempo maior para trabalhar nesta semana e acredito que vamos entrar fortes para esta fase final — acredita Moraes.

Confirmar este favoritismo contra a Apafut é fundamental para que o Caxias chegue à final e siga brigando por uma vaga na Copa do Brasil de 2017. A equipe vai jogar no 4-1-4-1, com Marcelo Pitol; Veloso, Alex Moraes, Lacerda e Juliano Tatto; Fidélis; Tinga, Diego Miranda, Marlon e Lorran; Léo Mineiro.


 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros