Pedro Ernesto: "Dramalhão tricolor" - Esportes - Pioneiro

Coluna do Pedro22/09/2016 | 08h11Atualizada em 22/09/2016 | 08h12

Pedro Ernesto: "Dramalhão tricolor"

Pedro Ernesto: "Dramalhão tricolor" Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Pedro Ernesto Denardin
Pedro Ernesto Denardin

pedro.ernesto@diariogaucho.com.br

O Grêmio repetiu sua incompetência ofensiva ontem e completou cinco jogos sem marcar gols. Além disso, o goleiro Marcelo Grohe falhou no gol do Atlético-PR, marcado pelo centroavante Andre Lima.

O domínio do Grêmio foi permanente ao longo do jogo. As chances de gol, que não foram muitas, acabaram desperdiçadas.

Precisou o camisa 1 gremista fazer três milagres nos pênaltis para salvar os erros dos cometidos por seus companheiros nas cobranças.

A estrela de Renato Portalupi desembarcou na Arena. A Copa do Brasil é a competição para ser ganha. Apesar do dramalhão da noite, o Grêmio segue vivo e espera pelo sorteio de amanhã para saber quem é seu adversário nas quartas de final.

Leia outras colunas do Pedro Ernesto Denardin

Prioridade
A Copa do Brasil passa longe da mais urgente prioridade colorada. O foco está no Brasileirão. É preciso escapar do rebaixamento. Mesmo assim, não dá para esquecer que, com qualquer escalação, o Inter se classificará em Fortaleza. Esse jogo pode servir para Roth fazer observações. Seria importante conseguir soluções melhores das que estão sendo apresentadas.

Juventude
O Ju está entre dois amores. O de hoje é eliminar o São Paulo da Copa do Brasil. Seria uma façanha com repercussão nacional. Mas o clube também tem a chance de subir para a Série B, o que é mais fácil — basta eliminar o Fortaleza. O treinador Zago terá de avaliar bem estas circunstâncias. 

*Diário Gaúcho

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros