Pedro Ernesto: "Dignidade colorada" - Esportes - Pioneiro

Coluna do Pedro24/09/2016 | 08h06Atualizada em 24/09/2016 | 08h06

Pedro Ernesto: "Dignidade colorada"

Pedro Ernesto: "Dignidade colorada" Diego Vara/Agencia RBS
Foto: Diego Vara / Agencia RBS
Pedro Ernesto Denardin
Pedro Ernesto Denardin

pedro.ernesto@diariogaucho.com.br

Claro que não espero por uma vitória do Inter sobre o Atlético-MG. A distância atual entre os times é um abismo. O que não quero ver é o Colorado tomar uma goleada, ser humilhado e ver sua torcida ainda mais entristecida e envergonhada.

Cabe aos profissionais do Inter lutarem muito por uma boa atuação, que até pode terminar em vitória. Seria uma grande surpresa, mas em futebol não está escrito que quem está melhor irá, necessariamente, ganhar um jogo.

Claro que o campeonato do Inter não é contra o Galo. Mais importante é ganhar do Coritiba e do Figueirense.

Uma vitória no domingo seria a consagração, mas se jogar bem, mesmo que venha a perder a partida, remete a todos a esperança que dá para escapar do rebaixamento.

É só isso o que o Inter quer.


Chapecoense
É o segundo jogo de Renato Portaluppi. Henrique Almeida continua nos planos. O treinador não abre mão da presença de um jogador que possa segurar os zagueiros adversários. Sobre Luan, Renato prefere vê-lo flutuando, jogando ao lado de Douglas.

O que está faltando ao Grêmio é força ofensiva. Retirar atacantes não é a melhor medida para o momento.

Adversários
Nem Grêmio, nem Inter e nem Juventude são favoritos nas quartas de final da Copa do Brasil. Isso não quer dizer que nossos clubes não tenham chances. Mata-mata é uma competição na qual o que vale é momento. O passado nada conta. Vamos torcer muito para nossos times.

*Diário Gaúcho

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros