Caxias e Esportivo fazem o terceiro Clássico da Polenta na Divisão de Acesso de 2016 - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Duelo serrano14/05/2016 | 19h00Atualizada em 15/05/2016 | 17h10

Caxias e Esportivo fazem o terceiro Clássico da Polenta na Divisão de Acesso de 2016

Time grená busca igualar série de vitórias consecutivas no Estádio Centenário desde 2001

Caxias e Esportivo fazem o terceiro Clássico da Polenta na Divisão de Acesso de 2016 Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Meia Cleiton é uma das armas do Caxias no clássico da Serra Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Nada melhor do que fazer do limão amargo uma limonada doce e gelada. Assim segue a trajetória do Caxias na Divisão de Acesso, às 15h deste domingo, no Estádio Centenário, contra o Esportivo. O atual time grená, que aplicou neste ano a maior goleada da história do clube desde 1975 (7 a 0 sobre o Santo Ângelo, em 13 de abril), pode se notabilizar por marcar números históricos em 2016.

Além de buscar o terceiro triunfo consecutivo no Clássico da Polenta na temporada, pode igualar agora a maior sequência de vitórias em jogos oficiais em casa desde 2001: nove.

— O nosso grande segredo é pontuar dentro e fora de casa, respeitando o adversário e sabendo que o próximo jogo é o mais importante, porque não sabemos o que vai acontecer ali na frente — destaca o meia Cleiton.

Naquele ano, o Caxias disputava a Série B do Brasileirão e por pouco não conquistou o acesso contra o Figueirense, que acabou sendo beneficiado no tapetão. De agosto a outubro de 2001, foram nove partidas no Centenário e nove vitórias consecutivas, contra adversários tradicionais como Avaí, Vila Nova-GO, Bragantino, Joinville, Figueirense e Criciúma, entre outros.

Agora, em 2016, foram oito jogos e oito vitórias na Divisão de Acesso. Se fosse computar a vitória de 3 a 2 sobre o Avenida, no amistoso de 27 de fevereiro, a marca já estaria igualada.

Na primeira fase da competição deste ano, o Caxias venceu o Esportivo por 2 a 0 na Montanha dos Vinhedos e 1 a 0 no Centenário. Além do terceiro confronto, vai ocorrer o quarto duelo, no próximo dia 26, em Bento. E pode ter o quinto e o sexto, caso os dois times cheguem ao quadrangular final.

— A gente tem que criar coisas novas pelo fato de eles conhecerem a nossa equipe e a gente a deles, principalmente ali na frente — aponta Cleiton.

O Caxias, do técnico Beto Campos, deve jogar com Marcelo Pitol; Gian, Geninho, Lacerda e Juliano Tatto; Ramon e Fidélis; Clebinho, Cleiton e Nicolas (Anderson Feijão); Jajá. A equipe do Esportivo, do treinador Badico, deve atuar com Júlio César; Pedro Júnior, Ilson, André Bahia e Roger Bastos; T-Rex, Natan, Juninho Tardelli e Lucas Lis (Marco Antônio); Vinícius e Luan.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros